3 de maio de 2012

31.08.2012 - VII Concurso Contos do Tijuco - Whisner Fraga

Informações:
a) Concurso de Contos

Premiação:
I) R$400,00 + livros
II) Publicação no site (possível publicação em livro de 10 contos)

Prazo: 31 de Agosto de 2012


Fonte:
E-mail enviado pela organização


Organização:
Academia de Letras, Artes e Música de Ituiutaba
http://solardaliteratura.blogspot.com
alamiacademia@yahoo.com.br


Regulamento:
VII Concurso Contos do Tijuco
“WHISNER FRAGA”

1 – A Academia de Letras, Artes e Música de Ituiutaba – ALAMI - promove o VII Concurso Contos do Tijuco, uma atividade de caráter lítero-cultural sem fins lucrativos, que nessa edição homenageia o escritor Whisner Fraga.

2 – Poderão inscrever-se escritores brasileiros, residentes no país ou no exterior. A inscrição implica concordância automática com todas as clausulas deste regulamento.

3 – O conto deverá ser em língua portuguesa, inédito e apresentado em quatro vias digitadas em corpo 12. Cada participante poderá inscrever apenas um conto, sem limite de páginas e sem restrição quanto à forma e ao conteúdo.

4 – É obrigatório o uso de pseudônimo logo abaixo do título do conto e na parte externa de um envelope, com o título repetido. O envelope, lacrado, deve conter, além do conto, o nome do autor, o endereço, o telefone, o e-mail, os dados biográficos e uma cópia xerográfica da carteira de identidade (frente e verso).

5 – O prazo para a inscrição termina, impreterivelmente, no dia 31 de agosto de 2012, valendo a data do carimbo do correio ou o comprovante de entrega em mãos, no seguinte endereço:

ALAMI – Academia de Letras, Artes e Música de Ituiutaba –.
Avenida 19-A entre ruas 38 e 38-A, nº. 332.
Ituiutaba –MG – CEP 38.300.122

6 – Os contos serão julgados por uma Comissão formada por três membros, de notória competência na matéria, não pertencentes à ALAMI.

7 – Ao autor do conto premiado será oferecido como prêmio a quantia de R$400,OO (quatrocentos reais) e certificado e livros da biblioteca da ALAMI.

8 – O conto premiado será publicado no blog da ALAMI – solardaliteratura.blogspot.com - e outros sites literários que prestam serviços de divulgação de concursos de contos. A Comissão poderá selecionar mais nove contos, sem classificação, para possível publicação em livro.

9 – O resultado do concurso sairá numa data bem próxima do dia 16 de Setembro, fazendo, assim, parte das comemorações do aniversário de Ituiutaba. O resultado do concurso será divulgado no blog: www.solardaliteratura.blogspot.com – e outros sites literários que prestam serviços de divulgação de concursos de contos.

10 – A entrega do prêmio ao ganhador do concurso e a entrega do “Certificado de Participação” aos autores dos nove contos selecionados será em data a ser informada. - pelo telefone ou e-mail -.

1 – Poderá a comissão julgadora deixar de outorgar o prêmio, se avaliar que a ele nenhum dos contos faz jus. (não haverá devolução dos contos recebidos).

12 – Poderá a ALAMI publicar um livro com o conto vencedor e os nove contos selecionados pela Comissão Julgadora.

13 – As decisões da Comissão Julgadora são irrecorríveis.

14 – Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos pela ALAMI

Ituiutaba, 1º de Maio de 2012.

Comissão Organizadora
- Coordenadora:
Regina Souza Marques de Almeida
- Membros:
José Maria Franco de Assis
Sonone Luiz
Adelaide Pajuaba Nehme
José Moreira Filho
Enio Eustáquio Ferreira


* WHISNER FRAGA –
Whisner Fraga é mineiro de Ituiutaba, nascido aos dezessete de outubro de um mil novecentos e setenta e um. Doutor em engenharia, atualmente é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo.
Nos anos noventa, organizou antologias de contos e poesias para a Editora Blocos, do Rio de Janeiro. Participou de inúmeras antologias de contos, frutos de premiações em concursos literários. Foi premiado em Amora, Portugal, em 2000, obtendo primeiro lugar na categoria contos em um concurso literário. Obteve terceiro lugar no Mapa Cultural Paulista de 1999, foi finalista no Mapa de 2000 e também finalista no Mapa de 2001/2002, sempre na categoria Contos.
Foi premiado no Concurso de Contos Luiz Vilela, em 2000, 2006, 2007, 2008 e 2010. Prêmio Paulo Leminski em 2001, teve seu segundo livro de contos, Coreografia dos Danados, editado graças a um concurso literário que venceu. Participou de antologias da Fundação Cultural Cassiano Ricardo, organizadas pela entidade.
Tem contos publicados na Revista E, do SESC, na revista Cult, na revista Bravo!, no jornal Correio Braziliense.
Durante todo o ano de 2005 escreveu para o Jornal do Brasil resenhas literárias. Publicou também durante este ano resenhas no jornal Estado de Minas e no Rascunho. Foi resenhista vip do site Leia Livro, apoiado pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo durante o ano de 2006.
Participou das antologias “Primos”, da Editora Record, idealizada pela escritora Tatiana Salem Levy, em 2010 e em 2011 foi selecionado pelo escritor Nelson de Oliveira para participar do livro “Geração zero zero”. Em 2004 foi publicado no livro “Cem menores contos do século”, organizado pelo escritor Marcelino Freire.
Tem os livros publicados: Seres e Sombras, de 1997, Edição do Autor, Coreografia dos Danados, 2002, Edições Galo Branco, A Cidade Devolvida, 7Letras, 2005, As espirais de outubro, Nankin, 2007, O livro dos verbos, Dulcinéia Catadora, 2008, Abismo poente, Ficções, 2009, O livro da carne, 7letras, 2010 e “Sol entre noites”, Ficções, 2011. O livro “As espirais de outubro” foi editado graças ao edital PAC 2006, da Secretaria de Cultura do estado de São Paulo e “Abismo poente” e “Sol entre noites” foram editado com recursos do ProAC 2008 e ProAC 2010, da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.
Em breve será lançada a segunda edição do livro “Coreografia dos danados”, que se passa a chamar “Coreografia de danados”, totalmente reescrito, com dois contos inéditos.

4 comentários:

  1. Eu contarei um conto para quem me ensinar como conto de uma vez as estrelas do luar, eu contaria uma por uma mas eu conto devagar, pois só sei contar no dedo e de vinte não posso passar.
    Quero aprender a contar não só por estar contando. quero aprender a contar do jeito que eu conto um conto, rimando, brincando, sonhando, com a boniteza do falar. Pois o meu conto é como um canto, que encanta enquanto eu conto quantas vezes eu contar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei! Parabéns pela maestria com as palavras...

      Excluir
  2. PRIMEIRA ESTRELA

    Quando criança,
    E olhava o céu e via
    Uma estrela e ainda era dia
    Minha avó sempre dizia
    Para não apontar-lhe o dedo
    Pois em sua ponta nasceria
    Uma verruga. Que medo!!

    Não conseguia entender
    O porquê da superstição
    Como poderia a estrela
    Alcançar a minha mão?

    E quando vovó percebia
    Que havia me assustado
    Ensinava-me uma trovinha
    Pra me ver aliviado:

    “Primeira estrela da tarde,
    Estrela que eu vi primeiro
    Traga para minha vida
    Saúde amor e dinheiro”.

    Hoje de cabelos brancos
    E névoa cobrindo o olhar
    Mal posso ver mesmo à noite
    Aquela estrela brilhar

    Ah! Mas como eu gostaria
    De poder perguntar a ela
    Por que não me deu ouvido
    Não atendeu meu pedido
    Feito na flor da idade

    E ela responderia,
    Que o pedido que eu fazia
    Não existia em verdade
    Porque aquilo que eu pedia
    Não passava de utopia
    Pois eu simplesmente queria
    Uma tal de felicidade.

    Jogon Santos

    ResponderExcluir
  3. Pois é meu querido amigo, Também conto conto em versos,Mesmo correndo o perigo, De vê-los no mundo dispersos.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir

* Lembre-se de que nós apenas divulgamos os editais e regulamentos dos concursos literários. Dúvidas devem ser encaminhadas aos organizadores de cada concurso.

* Sempre que recebemos ou encontramos um resultado, publicamos imediatamente. Portanto, se um resultado não está publicado é porque não temos qualquer informação sobre o mesmo.