Resultado - 6º Concurso Literário TDM (Moçambique)

Maputo (Canalmoz) - A empresa Telecomunicações de Moçambique realizou no dia 20 de Dezembro, pelas 16h00, no átrio do Instituto de Formação das Telecomunicações, a cerimónia de entrega de prémios aos vencedores do Concurso Literário TDM 2012.

Os vencedores são os autores: Jofredino L. Faife, na categoria de Romance, com o título "Filha de Um Deus Menor” e de Nelson Fernando Manhisse na categoria de Conto, com o título “Histórias Indecentes”.

Os vencedores foram homologados num universo de 141 candidaturas, pelo júri constituído por Gilberto Matusse, Lucílio Manjate e Cardoso Chongo, todos conceituados docentes e escritores literários moçambicanos.

O referido júri decidiu não atribuir prémio à categoria de Poesia, por não ter encontrado uma proposta que satisfizesse os rigorosos critérios de qualidade e criatividade por si estabelecidos. Entretanto, e dentro das suas competências, o júri decidiu atribuir menções honrosas às propostas literárias de Hilófero da Conceição em “A Almofada Sem Fronha” na categoria de Romance; Leonardo Jossai Unguana, com a proposta de Conto intitulada “O Pacto” e a Rafael Carlos da Câmara, pela sua proposta de originais sem título na modalidade de Poesia.

O vencedor da categoria de Romance vai beneficiar de um prémio financeiro de 150 mil Meticais e o vencedor da modalidade de conto, 100 mil Meticais, além de um computador portátil, pacote de Internet Banda Larga grátis durante três meses, bem como a publicação das suas obras.

Os livros impressos, num total de mil exemplares, são destinados à oferta aos autores e bibliotecas de escolas e estabelecimentos de ensino um pouco por todo o País.

Refira-se que o Concurso Literário TDM é uma iniciativa da empresa Telecomunicações de Moçambique, inscrita no quadro das acções de Responsabilidade Social. São principais objectivos da iniciativa estimular a criação literária e divulgar jovens talentos nas vertentes do Romance, Conto e Poesia.

A primeira edição do Concurso decorreu em Junho de 2002, aquando das comemorações dos 20 Anos da empresa. No ano seguinte, durante o lançamento da Bienal de Artes, a TDM decidiu instituir o Concurso Literário como um evento regular e permanente.

Nestas seis edições, o Concurso Literário lançou na arena nacional e internacional talentos hoje consagrados como Guita Jr., Aldino Muianga, Rogério Manjate, Januário Mutaquia, Hélder Faife, entre outros.


Fonte: