30 de setembro de 2012

20.10.2012 - Concurso São Judas de Poesias

Informações:
a) Concurso de Poesias
b) Voltado a estudantes do ensino médio do Estado de São Paulo
c) Fase final com declamação
d) Inscrição pela internet

Premiação:
I) Ipads, prêmios em dinheiro, livros e troféus

Prazo: 20 de Outubro de 2012


Fonte:
http://www.saojudaspoesia.com.br/index.php/Home
http://www.saojudaspoesia.com.br/assets/uploads/Regulamento.pdf


Organização:
Universidade São Judas

Contato e Dúvidas:
http://www.saojudaspoesia.com.br/index.php/Fale-Conosco


Regulamento:
I – DOS FINS DA REALIZAÇÃO
Art. 1. – O CONCURSO SÃO JUDAS POESIA 2012 é um concurso de caráter exclusivamente cultural, promovido pela Universidade São Judas, como parte integrante do seu programa social denominado SÃO JUDAS COMUNIDADE.

Art. 2. – O CONCURSO SÃO JUDAS POESIA 2012 tem como objetivo identificar e difundir novos talentos na poesia.
II – DE QUEM PODE PARTICIPAR

Art. 3. - A participação no CONCURSO SÃO JUDAS POESIA 2012 é exclusiva para alunos do ensino médio do Estado de São Paulo.

Art. 4. - Independentemente da idade, os concorrentes deverão estar cursando o ensino médio regularmente e comprovar tal condição na Ficha de Inscrição.

III – DAS INSCRIÇÕES
Art. 5. – As inscrições estarão abertas de 20 de julho de 2012 até 20 de outubro de 2012.

Art. 6. – As inscrições e entrega dos poemas somente poderão ser feitas por meio do site www.saojudaspoesia.com.br, como anexo à Ficha de Inscrição, no formato PDF (link para download no site).

Art. 7. - No anexo deverá constar somente o título da poesia, a poesia e a identificação com o pseudônimo do autor.

Art. 8. - Os dados de identificação do participante deverão ser preenchidos na Ficha de Inscrição.

Art. 9. – As poesias serão inscritas mediante o cumprimento das seguintes exigências:
§ 1. - Os participantes deverão apresentar a poesia original, inédita, em português, de autoria própria, com tema livre.
§ 2. – A poesia não poderá exceder a 1 (uma) página no formato A4, com caracteres no corpo 12, no mínimo.

IV – DA FICHA DE INSCRIÇÃO
Art. 10. – A Ficha de Inscrição contém campos para todos os dados do autor: nome completo, pseudônimo, idade, endereço completo, CEP, DDD, telefone, RG, CPF, e-mail, título do trabalho inscrito, série, número da matrícula e nome e e-mail do professor responsável. A Ficha contém, ainda, a identificação da escola: nome, endereço, número do telefone. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Art. 11 – Fica assegurada, com o máximo rigor, a confidencialidade dos dados pessoais dos concorrentes.

Art. 12 - Os dados pessoais somente serão divulgados depois de conhecidos os trabalhos premiados. Até lá, ficarão resguardados, sendo absolutamente desconhecidos pelos membros das Comissões Julgadoras.

V – DA PREMIAÇÃO
Art. 13 – A Premiação do CONCURSO SÃO JUDAS POESIA 2012 será feita em 2 (duas) formas:
1 – Por votação direta por meio do site oficial do concurso – www.saojudaspoesia.com.br.
§ Único - - O autor da poesia com o maior número de votos receberá 1 (um) iPad, 1 (uma) Coleção de Livros da Editora São Judas e 1 (uma) Medalha. E se apresentará no evento final do dia 8 de novembro.
2 - A Comissão Organizadora indicará um Júri constituído por 5 (cinco) intelectuais de reconhecida capacidade, atuantes na área da literatura, docentes da Universidade São Judas, os quais procederão à seleção dos 10 (dez) melhores trabalhos, entre todos os inscritos. As 10 (dez) poesias serão apresentadas e julgadas em sessão solene descrita no Art. 15 deste Regulamento.
§ 1. - Ao 1º Colocado serão entregues 1(um) iPad, 1 (uma) Coleção de Livros da Editora São Judas e 1 (uma) Medalha.
§ 2. - Os 2º e 3º Colocados receberão 1 (um) Vale-Presente no valor de R$ 100,00 cada um e 1 (uma) Medalha.
§ 3. - A escola e o(a) professor(a) da matéria, indicado(a) pelo autor da poesia classificada em 1o. lugar receberão 1 (um) iPad, e 1 (uma) Coleção de Livros da Editora São Judas cada um.
§ 4. - Os 1o., 2o. e 3o. colocados, e suas respectivas escolas, receberão troféus.
§ 5. – Os autores das 10 (dez) poesias finalistas receberão medalhas.
Art. 14 - Os prêmios serão entregues na cerimônia da apresentação e divulgação dos vencedores, a ser realizada no auditório da Universidade São Judas, Unidade Mooca, no dia 8 de novembro de 2012, a partir das 19 horas.

VI – DA APRESENTAÇÃO
Art. 15 - As 10 (dez) poesias finalistas, selecionadas pelo Júri, mais a poesia vencedora pelo voto na internet serão apresentadas e lidas, ao vivo, pelos seus respectivos autores, professores ou convidados dos autores, em sessão especial e solene, conforme Art. 14 acima.
§ Único – Os(As) professores(as) ou convidados(as) dos autores eventualmente incumbidos(as) de apresentar as poesias, não poderão ser profissionais de oratória, atores ou afins.

Art. 16 - As apresentações das 10 (dez) poesias finalistas serão feitas na ordem alfabética do título da poesia.

VII – DA VOTAÇÃO DO AUDITÓRIO
Art. 17 - Cada pessoa que estiver no auditório para assistir às apresentações das 10 (dez) poesias finalistas receberá, na entrada, uma ficha de votação. Nessa ficha, o votante será identificado com nome e RG. As fichas serão recolhidas logo após a última apresentação dos poemas.
§ Único – Os autores das 10 (dez) poesias finalistas terão direito a 30 (trinta) convites para votantes no auditório.

Art. 18 - Cada ficha de votação dará direito a apenas 1 (um) voto em uma única poesia.

Art. 19 - Serão totalizados todos os votos e computados para os respectivos poemas.

Art. 20 - O poema mais votado receberá 5 (cinco) pontos, o segundo colocado 4,5 (quatro e meio) pontos e assim sucessivamente até o décimo que receberá 0,5 (meio) ponto.
§ Único – Em caso de empate, as poesias empatadas receberão o mesmo número de pontos correspondentes às suas classificações.

VIII – DA NOTA DO JÚRI
Art. 21 - Após as apresentações, um Júri especial, constituído por 5 (cinco) intelectuais de reconhecida capacidade, atuantes na área da literatura, docentes da Universidade São Judas, somado à manifestação do auditório, classificará as poesias na ordem de 1a à 10a classificada.

Art. 22 - Cada jurado dará sua nota em ficha especial e secreta que será recolhida imediatamente após a apresentação da poesia.

Art. 23 - As notas do Júri deverão ser dadas no intervalo de no mínimo 5 (cinco) pontos e, no máximo, 10 (dez) pontos. Dessa forma, cada poema apresentado poderá ter uma somatória mínima de 25 pontos e máxima de 50 pontos, provinda dos jurados.
§ Único - Os pontos poderão ser atribuídos com valor de uma casa decimal (5,0; 5,1; 5,2... até 10,0).

Art. 24 - Os critérios para o julgamento de cada poema serão definidos pelo próprio Júri.

Art. 25 - Os pontos da votação do auditório serão somados às notas dos jurados, obtendo-se, dessa forma, a pontuação final de cada poesia.

IX – DA CLASSIFICAÇÃO FINAL
Art. 26 – A poesia que receber a maior pontuação – soma dos pontos do Júri (Art. 24) mais a soma dos pontos do auditório (Art. 17) - será considerada a 1a colocada, e assim sucessivamente até a décima classificada.
Exemplo: um poema que receber 50 (cinquenta) pontos dos jurados e mais 5 (cinco) pontos do auditório totalizará 55 pontos. O poema que receber 50 (cinquenta) pontos dos jurados e 2 (dois) pontos do auditório somará 52 (cinquenta e dois) pontos.
§ Único - Em caso de empate entre duas ou mais poesias serão obedecidos os seguintes critérios de desempate, nesta ordem:
1 – Votação da poesia na internet. A poesia que teve maior votação na internet será considerada vencedora;
Persistindo o empate:
2 – Valor do total das notas do Júri sem considerar os pontos do auditório;
3 – Sorteio entre as poesias empatadas;
4 – A(s) poesia(s) perdedoras pelos critérios de desempate ficarão classificadas no lugar imediatamente após a(as) poesia(s) vencedoras.

X – DOS DIREITOS AUTORAIS
Art. 27 – Aos inscritos, aos classificados e aos premiados, não será paga taxa monetária alguma a título de direitos autorais ou qualquer outro.

Art. 28 – A Universidade São Judas se reserva o direito de dar publicidade a todos os poemas inscritos, em veículos de comunicação, sites e qualquer outro meio de divulgação, assim como edição especial de livro - se houver - dos classificados e dos premiados, sempre com a devida identificação dos autores.
§ Único - Havendo a edição de livro pela Editora São Judas, os livros não serão comercializados, podendo ser distribuídos a escolas, bibliotecas e outras entidades públicas.

XI – DA DIVULGAÇÃO DOS FINALISTAS
Art. 29 - Os concorrentes finalistas serão notificados, no dia 1º de novembro de 2012, por meio do site www.saojudaspoesia.com.br e por meio do e-mail informado na Ficha de Inscrição pelo autor.
§ 1. - Os classificados não poderão, a qualquer momento, alegar desconhecimento do aviso de classificação, uma vez que o resultado estará publicado no próprio site do Concurso, onde foram feitas as inscrições.
§ 2. – Os 10 (dez) autores finalistas, além do premiado na votação da internet, deverão confirmar suas participações na sessão especial e solene, a ser realizada no auditório da Universidade São Judas, Unidade Mooca, no dia 8 de novembro de 2012, com início às 19 horas, até o dia 1o. de novembro de 2012.
§ 3. – A não confirmação da participação na sessão especial, no prazo estabelecido, acarretará desclassificação da poesia e a convocação da poesia imediatamente classificada na seleção do Júri e mantida como aspirante.

XII – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 30 – A simples inscrição das poesias implica a aceitação total deste Regulamento.

Art. 31 – Os trabalhos inscritos em desacordo com este Regulamento (falta de dados precisos ou de difícil identificação) serão passíveis de desclassificação.

Art. 32 – As decisões dos Júris e da Comissão Organizadora são irrecorríveis e não caberão recursos.

Art. 33 – Os casos omissos neste Regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora.

São Paulo, 30 de junho de 2012

15.10.2012 - 21º Concurso de Poesias Augusto dos Anjos

Informações:
a) Concurso de Poesias
b) Fase final com interpretação

Premiação:
I) 1º: R$1.800,00 / 2º: R$1.000,00 / 3º: R$800,00
II) Melhor intérprete: R$300,00

Prazo: 15 de Outubro de 2012


Fonte:
http://www.leopoldinense.com.br/base.asp?area=concurso
http://www.museuespacodosanjos.com.br/


Organização:
Secretaria de Cultura de Leopoldina - MG

Contato e Dúvidas:
seculturaleopoldinamg@gmail.com


Regulamento:
A Secretaria de Cultura de Leopoldina estabelece o Edital do 21° Concurso de Poesia Augusto dos Anjos, de 01 de Setembro de a 15 de Outubro de 2012.

1– Disposições Preliminares

1.1 O Concurso visa reconhecer e premiar a atuação de autores brasileiros natos ou naturalizados e residentes como forma de dinamização cultural.

1.2 Para efeito deste edital, entende-se que o Concurso Nacional de Poesia Augusto dos Anjos visa homenagear e valorizar a obra do poeta Augusto dos Anjos, descobrir novos talentos, estimular a produção literária em âmbito nacional para divulgar anualmente obras inéditas de língua portuguesa.

1.3 O presente concurso compreenderá das seguintes fases:

• Habilitação de caráter eliminatório;
• Seleção com caráter de escolha classificatória e eliminatória, à qual serão submetidos somente os candidatos habilitados na fase anterior;
• Serão automaticamente inabilitados os poemas já premiados em concursos anteriores ou comprovadamente publicados em outros meios;
• Será automaticamente desclassificada a candidatura que tiver sua criação cultural vinculada à prática de desrespeito a qualquer grupo social ou étnico.

2 – Dos objetivos

2.1 O Concurso de Poesia Augusto dos Anjos tem por objetivo homenagear e valorizar a obra do poeta Augusto dos Anjos;
2.2 Descobrir e incentivar novos valores poéticos;
2.3 Oportunizar aos poetas a divulgação dos seus trabalhos;
2.4 Promover o intercâmbio cultural entre todos os segmentos envolvidos no evento;
2.5 Divulgar obras inéditas da língua portuguesa.

3 – Dos Participantes

3.1 Para efeito de inscrição, o candidato deverá preencher os seguintes requisitos:

• Ser pessoa física;
• Ser brasileiro, naturalizado ou residente no país.

3.2 Os participantes menores de 18 (dezoito) anos deverão apresentar autorização escrita dos pais ou responsável, salvo aqueles emancipados na forma da lei.

3.3 Fica restrita a inscrição de, no máximo, 2 (duas) obras por candidato, com a utilização de pseudônimo diferente para cada uma das obras.

4 - Dos Prêmios

4.1 Os textos enviados para o Concurso de Poesia Augusto dos Anjos deverão ter, no máximo 2 (duas) páginas e serem do gênero poético.

4.2 As obras vencedoras serão contempladas no valor de:

1º Lugar ___R$ 1.800,00
2º Lugar ___R$ 1.000,00
3º Lugar ___R$ 800,00

Melhor intérprete ____R$ 300,00

4.3 A interpretação das obras selecionadas ficará a cargo dos seus respectivos autores. Sendo obrigatório sua interpretação. (o próprio ou indicação de um intérprete)

5 – Das Inscrições

5.1 As inscrições para o Concurso de Poesia Augusto dos Anjos estão abertas de 01 de setembro até 15 de outubro, através dos sites www.museuespacodosanjos.com.br e www.leopoldinense.com.br.

5.2 Deverá obedecer aos seguintes critérios para a entrega das obras:

• Pessoalmente, na Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, na Rua Lucas Augusto, 65 (Fundos). Centro – Leopoldina/MG;

• Remessa com aviso de recebimento – AR via correio para o seguinte endereço:

Concurso de Poesia de Augusto dos Anjos/2012.
Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo
Rua Lucas Augusto, 65 (Fundos) Centro
Leopoldina/MG - CEP 36700-000

Neste caso, para o fiel cumprimento do prazo para recebimento das obras, a data registrada no carimbo dos correios não poderá ser posterior a 15 de outubro de 2012.

• Não serão aceitas inscrições efetuadas por fax, e-mail ou manuscritas;
• As inscrições implicam a plena aceitação por parte do candidato de tudo que está estabelecido neste Edital, não cabendo recurso posterior.

6 - Da Documentação

6.1 Para efeito de inscrição o candidato deverá obedecer às seguintes exigências:
• Cada obra deverá ser apresentada em 05 (cinco) vias;
• As obras deverão ser digitadas em Fonte Arial - 14, em papel A4 em apenas uma das faces do papel;
• Cada página deverá ser numerada e constar o título da obra e o pseudônimo do autor;
• As 05 (cinco) vias de cada obra deverão estar em um só envelope, no qual na parte externa deverá constar o título da obra e o pseudônimo do poeta. Acompanhando as 05 (cinco) vias, deverão ser anexadas 02 (duas) fichas de inscrição, uma no interior do envelope e outra do lado de fora deste que deverá ser remetido em um envelope maior contendo além do nome, endereço completo do autor o seu pseudônimo no envelope maior também.

7 - Da Coordenação do Concurso

7.1 A Secretaria Municipal de Cultura será a responsável pela coordenação do presente Concurso, cabendo as seguintes atribuições:

• Receber o repasse das inscrições dos sites www.museuespacodosanjos.com.br e www.leopoldinense.com.br;

• Conferir a regularidade da documentação encaminhada;

• Constituir a comissão julgadora;

• Encaminhar as obras aos membros da comissão julgadora;

• Divulgar o resultado final do processo seletivo no prazo estipulado;

• Resolver quaisquer controvérsias ou pendências advindas do Concurso a qualquer tempo bem como os casos omissos neste Edital.

8 Da Comissão Julgadora

8.1 - A definição do 21º Concurso de Poesia Augusto dos Anjos, edição 2012, é de responsabilidade da Comissão Julgadora composta por 05 (cinco) profissionais notoriamente reconhecidos.

8.2 Os integrantes da Comissão Julgadora poderão ser substituídos a qualquer tempo por outros profissionais igualmente idôneos;

8.3 As decisões da Comissão julgadora serão soberanas e irrecorríveis cabendo a ela conceder os prêmios de acordo com o mérito da obra.

9 Do Processo Seletivo e Premiação

9.1 Dos trabalhos apresentados, serão selecionados 10 (dez) finalistas, escolhidos a critério da Comissão Julgadora, que serão apresentados para a Secretaria Municipal de Cultura.

9.2 Os candidatos contemplados serão comunicados por e-mail, telefone e/ou correio.

9.3 O resultado final do Concurso será publicado no Diário Oficial do Município – Jornal Equipe, e demais jornais locais bem como nos sites www.museuespacodosanjos.com.br e www.leopoldinense.com.br.

10 Disposições Gerais

10.1 O Edital do Concurso de Poesia Augusto dos Anjos será afixado no Paço da Prefeitura Municipal de Leopoldina, Casa de Leitura Lya Muller Botelho, na Biblioteca Luiz Eugênio Botelho e enviado a outras Bibliotecas e nos sites www.museuespacodosanjos.com.br e www.leopoldinense.com.br.

10.2 A comissão organizadora estará disponível nos dias úteis, no horário de 12h às 18h pelo telefone (32) 3694 4277, esclarecendo quaisquer dúvidas ou pelo e-mail seculturaleopoldinamg@gmail.com.

10.3 Para efeito de inscrição, o candidato deve obedecer às seguintes exigências:

• Cada obra deverá ser apresentada em 05 (cinco) vias;

• As obras deverão ser digitadas em Fonte Arial - 14, em papel A4 em apenas uma das faces do papel;

• Cada página deverá ser numerada e constar o título da obra e o pseudônimo do autor;

• As 05 (cinco) vias de cada obra deverão estar em um só envelope, no qual na parte externa deverá constar o título da obra e o pseudônimo do poeta. Acompanhando as 05 (cinco) vias, deverão ser anexadas duas fichas de inscrição, uma no interior do envelope e outra do lado de fora deste que deverá ser remetido em um envelope maior contendo além do nome, endereço completo do autor o seu pseudônimo no envelope maior também.


Rosângela Moreira Lima Costa
Secretária Municipal de Esporte, Lazer e Turismo
Coordenadora do Concurso Nacional de Poesia Augusto dos Anjos


Leopoldina, agosto de 2012.

11.10.2012 . Editais SESI Cultura

O SESI de São Paulo lançou um edital recentemente. A seleção identificará propostas e projetos artísticos que se alinhem à proposta da entidade de democratizar o acesso à cultura e formar plateias para as artes cênicas, música e literatura. Os projetos selecionados farão parte da programação cultural do SESI-SP no ano de 2013.

Inscrições até dia 11 de outubro de 2012.

Resultado - 1º Concurso do Jornal Leitura do Bairro (2011)

(Em ordem alfabética)

Ana Guiomar dos Santos (São Paulo/SP)
Ana Luiza Marcos Francisco (São Paulo/SP)
André Luiz Alves Caldas Amora (Rio de Janeiro/SP)
André Telucazu Kondo (Caraguatatuba/SP)
Angela Aparecida Frade Domingues (Itapecericada Serra/SP)
Angelo Pessoa Martins (Cordeiro/RJ)
Antonio Carolino Bezerra (Nova Iguaçu/RJ)
Arlinda de Paula Souza (São Paulo/SP)
Carlos Eduardo Benites (São Paulo/SP)
Celia Amorim de Freitas (São Paulo/SP)
Clarinda de Moura (São Paulo/SP)
Claudia Louzada (São Paulo/SP)
Cléia Maria da Silva de Carvalho (São Paulo/SP)
Cristovam Tadeu Martins (São Paulo/SP)
Daniel Alves de Oliveira (São Paulo/SP)
Daniel Fagundes Souza (São Paulo/SP)
Denio Limeira (São Paulo/SP)
Denio Oliveira da Silva (São Paulo/SP)
Denivaldo Piaia (Campinas/SP)
Diogo Cezar Borges (Flamengo/RJ)
Edweine Loureiro da Silva (Saitama/Japão)
Everaldo Soares (São Paulo/SP)
Ewald Koch (São Paulo/SP)
Fatima Soares Rodrigues (Belo Horizonte/MG)
Fernanda Mendes Araujo (São Paulo/SP)
Francisco Ferreira (Betim/MG)
Geraldo Trombin (Americana /SP)
Gil Horta Pina (São Paulo/SP)
Gilberto Dionísio Almeida (São Paulo/SP)
Gisele Pacola (Curitiba/PR)
Helena Barbagelata (Almada/Portugal)
João de Jesus Santos (São Paulo/SP)
João Elias Antunes de Oliveira (Taguatinga/DF)
João Paulo de Miranda Parisio Jaboatão do (Guararapes/PE)
Johnnatan Ivens Antunes Nascimento (Belo Horizonte/MG)
Jonas da Gama Junior (Fartura/SP)
José Duarte de Melo (São Paulo/SP)
Julio César Correia da Silva (Rio de Janeiro/SP)
Kátia Nascimento Soldani (São Paulo/SP)
Letticia Cecy Correia (Paranaguá/PR)
Lilian Souza de Araújo (Anápolis/GO)
Luciano Vargas Braga (São Paulo/SP)
Lúcio Rodrigues Junior (Tietê/SP)
Luiz Augusto Pereira da Silva (São Paulo/SP)
Marcelo de Oliveira Souza (Salvador/BA)
Marcio Dison da Silva (Florianópolis/SC)
Maria Aparecida dos Santos Silva (São Paulo/SP)
Maria Aparecida S. Coquemala (São Paulo/SP)
Maria das Dores Oliveira (Ipatinga/MG)
Maria Ferreira da Conceição (São Paulo/SP)
Maria Marta Silva de Sousa (São José dos Campos/SP)
Maria Rodrigues Damacena (São Paulo/SP)
Maria Valdete de Araujo Sousa (São Paulo/SP)
Nathalia da Cruz Wigg (Ilha do Governador/RJ)
Nerino de Campos (Belo Horizonte/MG)
Newton Elehu Garcia Genro Junior (São Paulo/SP)
Nilson Vieira Moreno (São Carlos/SP)
Patrícia Diniz Santos (Natal/RN)
Patricia L. Gomes (São Paulo/SP)
Paula Ramalho (São Paulo/SP)
Paula Regina da Silva Santos (São José da Lapa/MG)
Perpétua Amorim (Franca/SP)
Priscila Christine da Conceição Mancussi (Sorocaba/SP)
Reginaldo Costa de Albuquerque (Campo Grande/MS)
Ricardo Xavier Dantas (São Paulo/SP)
Roberto Ferreira Lima (São Paulo/SP)
Roberto Sedano Carneiro (São Paulo/SP)
Robson Leandro Soda (Santa Cruz do Sul/RS)
Ronaldo Andrade (São Paulo/SP)
Ronaldo da Mota Vieira (São Paulo/SP)
Roque Aloisio Weschenfelder (Santa Rosa /RS)
Saulo de Oliveira Campos (Itabira/MG)
Sebastião Espiridião de Oliveira (Embu das Artes/SP)
Sérgio Bernardo (Nova Friburgo/RJ)
Silvio Benedito (São Paulo/SP)
Simone Alves Pedersen (Vinhedo/SP)
Suellen Cibele do Vale (Guarulhos/SP)
Suely Aparecida Schraner (São Paulo/SP)
Tatiana Alves Soares Caldas (Rio de Janeiro/SP)
Terezinha da Silva Alves (São Paulo/SP)
Vitor Afonso Mattos Harrington (São Paulo/SP)


Mensagem dos organizadores:

Nossa expectativa era abranger apenas a zona sul da cidade de São Paulo, visto que nosso veículo é um jornal de bairro. Mas, para nossa surpresa, tivemos participantes de outras cidades do estado de São Paulo, dos estados do Rio de Janeiro, Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Bahia, Pernambuco, Paraná, Distrito Federal, Mato Grosso e de países como Portugal e Japão. Ao invés de regional, o concurso alcançou o âmbito internacional. Isto valoriza o trabalho dos autores escolhidos.
Para nós, estes fatores foram motivos de grande alegria e por isso só temos a agradecer a todos os participantes e, registramos, aqui, nosso incentivo para continuarem escrevendo, se aprimorando, porque todos, classificados ou não, têm muito talento.
Aproveitamos a oportunidade para nos desculparmos pela demora na divulgação dos nomes classificados, mas esta se deu em virtude da quantidade de trabalhos inscritos. Além da abrangência inesperada, muitos participantes inscreveram cerca de 100 trabalhos próprios. Para estes, vão nossos votos de que em breve tenham a oportunidade de lançarem seus próprios livros, pois já têm bagagem suficiente para isto.


Fonte:

27 de setembro de 2012

Notícias - Edital de incentivo a leitura da Embrapa e Edital de agentes de leitura da Secretaria de Cultura do RS

PublishNews - 27/09/2012 - Redação

O edital prevê a distribuição de mais de 21 mil publicações

Iniciativa conjunta entre a Embrapa Informação Tecnológica (Brasília, DF) e os Ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e do Desenvolvimento Agrário (MDA) lança edital para selecionar projetos de incentivo à leitura e à inclusão produtiva de jovens rurais e agricultores familiares, por intermédio das Minibibliotecas. Com inscrições abertas até 19 de outubro, o edital prevê a seleção de 175 projetos que apresentem propostas para duas linhas temáticas, incentivo à leitura e capacitação e inclusão produtiva no meio rural. Cada projeto selecionado receberá uma Minibiblioteca contendo um kit expositor, livros, cartilhas, vídeos e CDs produzidos pela Embrapa e que totalizam 21 mil exemplares de publicações impressas, 12 mil vídeos e 28 mil áudios com informações sobre práticas agrícolas sustentáveis, meio ambiente, segurança alimentar e agroindústria familiar.



PublishNews - 26/09/2012 - Redação

Secretaria da Cultura do RS prorroga inscrições para os editais de Agentes de Leitura e Modernização de Bibliotecas

A Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul prorrogou as inscrições para o edital para Agentes de Leitura e o edital para Modernização de Bibliotecas. O novo prazo se estende até às 18h do dia 5 de novembro. O edital para Agentes de Leitura concederá 220 bolsas de complementação de renda, no valor mensal unitário de R$ 350. Podem candidatar-se jovens e adultos, entre 18 e 29 anos, com habilidades para a ação e difusão cultural. Ainda 100 bibliotecas, em cidades de até 10 mil habitantes, serão contempladas com valores de R$ 20 mil cada unidade; e 25 bibliotecas em cidades com população acima de 10 mil habitantes, com valores de R$ 55 mil cada unidade. Outras informações pelos telefones 51 3288-7520 e 51 3225-1124 ou acessando o site.

25 de setembro de 2012

19.10.2012 - I Concurso Literário "Histórias do Futuro: Causos, contos e poesias do nosso centro do mundo"

Informações:
a) Concurso de Causos, Contos e Poesias
b) Voltado a jovens da região do Alto São Francisco

Premiação:
I) Publicação em coletânea

Prazo: 19 de Outubro de 2012


Fonte:
http://nossahistoriadofuturo.blogspot.com/2012/09/i-concurso-literario-historias-do_25.html


Organização:
Gilberto Cézar de Noronha
Com recursos provenientes do Edital Microprojetos do Rio São Francisco, do Ministério da Cultura

Contato e Dúvidas:
historiasdofuturo@gmail.com [com o assunto “informação”]


Regulamento:
I Concurso Literário "Histórias do Futuro: Causos, contos e poesias do nosso centro do mundo"
EDITAL 01/2012

1 - OBJETIVOS
O Concurso é uma realização da Fundação Nacional de Artes – Funarte, com recursos do Fundo Nacional de Cultura/Ministério da Cultura que tem como objetivo fomentar e divulgar a produção literária (causos, contos e poesias) dos jovens da região do Alto São Francisco, instigando-os ao gosto pelas artes, à valorização do seu espaço de vivência e à reflexão sobre suas perspectivas para o futuro da região.

2 – DAS CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO
2.1- Poderão se inscrever todos os jovens com idade entre 17 e 29 anos que residam em um dos seguintes Municípios da Bacia do Alto São Francisco: Abaeté, Biquinhas, Bom Despacho, Campos Altos, Cedro do Abaeté, Córrego Danta, Dores do Indaiá, Estrela do Indaiá, Luz, Martinho Campos, Morada Nova de Minas, Nova Serrana, Paineiras, Pitangui, Pompéu, Quartel Geral e Serra da Saudade.
2.2 – Cada participante poderá inscrever apenas um trabalho em uma das seguintes categorias: a) Causo; b) Conto; c) Poesia.
2.3 - Cada trabalho deverá ser digitado em espaço 1,5, em papel tamanho (A4), contendo, NO MÁXIMO, QUATRO PÁGINAS, fonte Arial 12.
2.4 - O tema é livre, desde que a história seja ambientada na região do Alto São Francisco e seu enredo se desenvolva num tempo futuro. (Por exemplo: Texto com a história de um menino vive suas aventuras em Abaeté no ano de 2022...]
Importante: Os causos, contos e poesias que não contiverem histórias desenvolvidas nesse contexto (num tempo futuro e situadas na região do Alto São Francisco) serão desclassificados.
2.5 – As inscrições serão feitas exclusivamente por e-mail.
A Ficha de Inscrição [Anexo I] deverá ser preenchida e enviada junto com o texto, em arquivo Word, anexados separadamente, para o seguinte endereço:
historiasdofuturo@gmail.com; Assunto: “Inscrição I Concurso Histórias do Futuro”. O texto e a ficha de inscrição preenchida deverão ser enviados em arquivo Word, anexados.
O modelo da ficha de inscrição poderá ser obtido também no blog http://nossahistoriadofuturo.blogspot.com.br.
A inscrição poderá ser feita entre 20 de setembro e 19 de outubro de 2012 (até as 23:59)

3 – JULGAMENTO E CLASSIFICAÇÃO
O julgamento será realizado entre os dias 25 de outubro a 15 de novembro de 2012, por Comissão Julgadora que fará a escolha e classificação dos dez melhores trabalhos de cada modalidade (serão selecionados até 10 causos, 10 contos e 10 poesias) que serão publicados em livro, cujo título provisório é o título/tema do Concurso: “Histórias do futuro: Contos, causos e poesias do nosso centro do mundo”.
Os resultados serão divulgados a partir do dia 16 de novembro de 2012.

4 – PREMIAÇÃO
Os autores dos três melhores textos de cada modalidade, além da publicação na coletânea, receberão diploma e 10 (dez) exemplares da obra a ser organizada e editada com recursos do Ministério da Cultura provenientes do Edital Microprojetos do Rio São Francisco. Os demais autores dos textos selecionados [até sete] receberão diploma e dois exemplares da obra.
Os prêmios serão remetidos pelo correio e os premiados serão convidados a comparecer na Cerimônia de Lançamento da Obra que será realizada em data e local a serem definidos, quando serão homenageados.
Não serão expedidos certificados de participação aos demais concorrentes não classificados. Aos premiados de cada categoria, será solicitado o envio das obras em versão digitada, via e-mail.

5 - CONSIDERAÇÕES GERAIS
A simples remessa de trabalhos significa aceitação completa deste regulamento e a cessão total dos direitos autorais. Os casos omissos serão julgados pela Comissão Organizadora, a quem cabe decisões definitivas e irrecorríveis. Recomenda-se ao autor manter uma cópia em seu poder. Dados incompletos na ficha de inscrição implicarão na desclassificação do concorrente.
Mais informações no blog http://nossahistoriadofuturo.blogspot.com.br ou pelo e-mail historiasdofuturo@gmail.com [com o assunto “informação”]

Abaeté, 17 de setembro de 2012.
Gilberto Cézar de Noronha
Presidente da Comissão Organizadora

15.10.2012 - Prorrogado - XI Prêmio Literário Livraria Asabeça

Informações:
a) Concurso de Livros Inéditos (Contos ou Poesias)
b) Cada autor pode participar com apenas uma obra - em apenas um dos gêneros

Premiação:
I) Publicação da Obra pela Scortecci Editora (50 exemplares para o autor)

Prazo: 15 de Outubro de 2012


Fonte:
http://www.concursosliterarios.com.br


Organização:
Livraria Asabeça / Scortecci Editora
asabeca2012@concursosliterarios.com.br
Telefone: (11) 3032-1179


Regulamento:
A Livraria Asabeça organiza anualmente, desde 2002, o Prêmio Literário Livraria Asabeça, com o apoio da Scortecci Editora, para autores brasileiros, maiores de 18 anos, residentes no Brasil.
O prêmio de 2012 contemplará trabalhos inéditos nos gêneros literários POESIA e CONTO e tem por objetivo publicar novos talentos e promover a literatura brasileira.

REGULAMENTO

Inscrições grátis, através da ECT, até 30 de setembro de 2012, valendo a data postal.

Ao fazer a inscrição, o Autor concorda com as regras do concurso, autorizando, inclusive, a publicação da obra selecionada pela Scortecci Editora, e responderá por plágio, cópia indevida e demais crimes previstos na Lei do Direito Autoral.

A Livraria Asabeça escolherá uma Comissão Julgadora, composta de três membros de renomado prestígio literário, e uma Comissão Organizadora, que resolverá os casos omissos deste regulamento, se houver.

O candidato poderá participar com apenas uma obra, obrigatoriamente inédita, nos gêneros POESIA ou CONTO, com 40 até 60 páginas, formato A-4 (210 x 297 cm), texto digitado em Word, corpo 12, espaço 1,5, impresso de um só lado da folha, fonte Times New Roman.

Atenção:

Livro de POESIA somente poesias. A obra poderá ter um ou mais trabalhos, com 40 até o limite de 60 páginas.

Livro de CONTO somente contos. A obra poderá ter um ou mais trabalhos, com 40 até o limite de 60 páginas.

O autor NÃO poderá participar das duas categorias. Terá que optar por uma ou outra.

Trabalhos publicados em Blogs e Sites (menos e-books, com número de ISBN) são considerados inéditos e poderão fazer parte da obra.

Trabalhos publicados em antologias, coletâneas, jornais e revistas perdem a condição de inéditos e não poderão fazer parte da obra.

Os trabalhos deverão estar em língua portuguesa, o que não impede o uso de termos estrangeiros no texto.

A obra deverá ter obrigatoriamente um título.

Não há necessidade de pseudônimo (nome literário).

Enviar junto com a obra em papel A-4, em uma única encadernação espiralada, no final da encadernação, as seguintes informações:

Nome completo (Igual ao do RG)
Endereço / Cidade / Estado / CEP
DDD / Telefone
Email de contato
Número do RG
Número do CPF
Cópia de comprovante de residência
Minibiografia de até 20 linhas
Gênero literário da obra: POESIA ou CONTO
Título da Obra

Enviar para:

XI PRÊMIO LITERÁRIO LIVRARIA ASABEÇA 2012
Rua Dep. Lacerda Franco, 107
Pinheiros - São Paulo, SP - CEP 05418-000

PRÊMIOS

Categoria Poesia - Contrato de publicação da obra com a Scortecci Editora de 150 (cento e cinqüenta) exemplares, sendo 100 exemplares para lançamento e comercialização e 50 exemplares inteiramente grátis para o autor, no formato 14 x 20,7 cm, miolo em preto e branco, com papel branco 75 gramas, capa colorida com papel cartão 250 gramas, com orelhas.

Categoria Conto - Contrato de publicação da obra com a Scortecci Editora de 150 (cento e cinqüenta) exemplares, sendo 100 exemplares para lançamento e comercialização e 50 exemplares inteiramente grátis para o autor, no formato 14 x 20,7 cm, miolo em preto e branco, com papel branco 75 gramas, capa colorida com papel cartão 250 gramas, com orelhas.

Os livros terão ISBN, Ficha Catalográfica e selo Editorial Scortecci / Asabeça.

A título de Direito Autoral, cada autor receberá 10% (dez por cento) sobre o preço de capa dos exemplares comercializados, pelo prazo de 1 (um) ano ou até o término da edição, o que acontecer primeiro.

Cada exemplar da obra será comercializado ao preço de R$ 25,00.

Após o término do contrato, o autor poderá adquirir o saldo dos livros com desconto de 80% sobre o preço de capa. Não havendo interesse por parte do autor, os livros serão distribuídos gratuitamente para bibliotecas e escolas públicas e utilizados para divulgação do próprio Prêmio Literário Livraria Asabeça.

OBSERVAÇÕES

- Os originais não serão devolvidos.
- Os autores vencedores autorizam o uso de seu nome e imagem pela Livraria Asabeça e Scortecci Editora para fins de divulgação, veiculação e comercialização da obra.
- O resultado do XI Prêmio Literário Livraria Asabeça 2012 dar-se-á até 31 de dezembro de 2012 e será publicado oficialmente no Portal Concursos e Prêmios Literários e nos demais sites do Grupo Editorial Scortecci.
- Os autores vencedores se obrigam a entregar à Scortecci Editora, no prazo de até 15 dias, após a divulgação do resultado, o arquivo digital da obra.

CRONOGRAMA

- Inscrições: até 30 de setembro de 2012.
- Divulgação dos vencedores: até 31 de dezembro de 2012.
- Lançamento das obras: Em 2013 em data e local escolhidos pela editora em comum acordo com os autores.

MAIS INFORMAÇÕES
asabeca2012@concursosliterarios.com.br
Telefone: (11) 3032-1179

31.10.2012 - Seleção para a Antologia Escritor Contemporâneo

Informações:
a) Seleção de Contos
b) Com tema
c) Publicação em antologia (10% do preço de capa será dividido entre os autores selecionados, com pagamento adiantado, na assinatura do contrato)

Prazo: Outubro de 2012
Por não citar a data, deduz-se que será até o final do mês


Fonte:
http://www.alcantis.com.br/clec/regulamento.asp


Organização:
Alcantis Editora

Contato e Dúvidas:
concurso@alcantis.com.br


Principais pontos do regulamento:
Inscrições
As inscrições para o concurso são totalmente gratuitas, e não há qualquer tipo de taxa a ser cobrada mesmo após a fase de avaliação dos contos.

Tema
Os contos devem ser elaborados em conformidade com o tema proposto pela Alcantis, que, para esta segunda edição do concurso é: Amores impossíveis.

Seleção e avaliação
Para a seleção dos contos enviados serão observados os aspectos técnicos da literatura e as regras básicas de utilização da língua portuguesa, de forma que é extremamente importante que os contos estejam bem escritos e em conformidade com estas observações.

A avaliação será realizada pelo NEA (Núcleo Editorial Alcantis), e a decisão quanto aos contos escolhidos será soberana, não cabendo qualquer recurso por parte dos autores inscritos no concurso.

Os autores selecionados para a coletânea ao final do concurso serão informados por e-mail sobre a seleção de seus contos, mas poderão acompanhar o avanço das fases classificatórias a partir do blog da editora.

Lançamento
O lançamento da coletânea será realizado no final do mês de abril do próximo ano, na cidade do Rio de Janeiro, em local a ser definido de acordo com a conveniência da Alcantis e dos organizadores da coletânea.

Despesas com transporte e hospedagem serão de responsabilidade dos autores (ou de seus responsáveis, quando menores de idade) que queiram participar da noite de autógrafos que será promovida pela Alcantis.

Premiação
O Clec não é um prêmio literário, e não tem por objetivo premiar autores com troféus ou quantias em dinheiro, nem tampouco com qualquer outra forma de gratificação física ou simbólica; o concurso literário promovido pela Alcantis tem o propósito único de selecionar os melhores contos inscritos para a composição de uma antologia em sua temática proposta.

Direitos autorais
Todos os autores selecionados para a antologia receberão seus direitos autorais que, de acordo com a nova política de direitos autorais da Alcantis, recebem antecipadamente, após assinatura do contrato de publicação, percentual de 10% a ser dividido entre todos os autores que fizerem parte da obra, sobre valor correspondente à tiragem pré-estabelecida de 120 (cento e vinte exemplares) para comercialização.


Download do Regulamento
http://www.alcantis.com.br/clec/edital_CLEC2012.pdf

Resultado - Prêmio São Paulo de Literatura 2012

PublishNews - 25/09/2012 - Redação

Premiação foi feita ontem no Museu da Língua Portuguesa

Bartolomeu Campos de Queirós, com o livro Vermelho Amargo, da Cosac Naify, e Suzana Montoro, com Os hungareses, da editora Ofício das Palavras, são os grandes vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura 2012. Morto em janeiro deste ano, Bartolomeu foi o vencedor in memoriam da categoria Melhor Livro do Ano, com uma obra considerada “inesquecível” pelo júri. Já Suzana Montoro recebeu o prêmio da categoria Melhor Livro do Ano - Autor Estreante, com um texto que se destacou pela linguagem fluente e sensível. Este ano concorreram romancistas de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná e Bahia. Os herdeiros legais de Bartolomeu Queirós levaram o prêmio de R$ 200 mil – o maior valor oferecido em prêmios literários no Brasil.


Fonte:

30.11.2012 - 2º Prêmio Benvirá de Literatura

Informações:
a) Concurso de Livros Inéditos (Ficção - Romances, Contos, Crônicas, Poesias)
b) Inscrição pela Internet

Premiação:
I) R$30.000,00
II) Publicação do livro pela Editora Saraiva (Selo Benvirá)

Prazo: 30 de Novembro de 2012


Fonte:
http://www.benvira.com.br/premiobenvira/regulamento.asp


Organização:
Editora Saraiva

Contato e Dúvidas:
http://www.editorasaraiva.com.br/faleConosco.aspx


Regulamento:
REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL "2º PRÊMIO BENVIRÁ DE LITERATURA DE FICÇÃO - 2012", PROMOVIDO PELA EDITORA SARAIVA.

Este concurso tem caráter exclusivamente cultural, não estando subordinado a qualquer modalidade de área ou pagamento por parte dos concorrentes para aquisição de produtos ou serviços, nos termos do artigo 30 do Decreto nº 70.951/72.

A finalidade do presente concurso é fomentar a arte literária, mediante a premiação da melhor obra literária, dentro da proposta do presente Regulamento:

1. A participação no concurso é gratuita e aberta a escritores brasileiros ou naturalizados, com mais de 18 anos, que apresentem originais dirigidos ao público infantojuvenil ou adulto. Funcionários do Grupo Saraiva e/ou seus parentes em primeiro grau não poderão participar do presente concurso.

2. Os originais deverão ser inéditos e escritos em língua portuguesa. Entende-se por inédito o original não editado e não publicado (parcialmente ou em sua totalidade) em antologias, coletâneas, suplementos literários, jornais, revistas, sites e publicações do gênero. Cada candidato poderá concorrer somente com a apresentação de 1 (um) original.

3. O conteúdo do original deverá obedecer ao seguinte critério: um tema livre que aborde uma história de ficção. Entende-se por ficção designar uma narrativa imaginária, irreal, ou referir obras criadas a partir da imaginação.

4. A inscrição do original deverá ser feita no período de 09/08/2012 a 30/11/2012, através do site www.benvira.com.br/premioBenvira/

5. O interessado deverá preencher corretamente o formulário de inscrição disponível no site www.benvira.com.br/premioBenvira/ e anexar o arquivo do original no formato Word.

6. No ato de envio da inscrição pelo site www.benvira.com.br/premioBenvira/, o inscrito receberá uma mensagem de confirmação. O recebimento da mensagem de confirmação não isenta o candidato de verificar e cumprir os requisitos constantes do presente Regulamento.

7. Para efeito de inscrição serão considerados os originais recebidos até as 24h do dia 30/11/2012.

8. A identificação dos originais se dará mediante o preenchimento completo e correto da ficha de inscrição, que conterá: nome completo, número do RG, número do CPF, endereço para contato, endereço eletrônico (e-mail), telefone com o respectivo DDD, minicurrículo pessoal do autor e sinopse da obra. O candidato que enviar a ficha incorreta ou incompleta, com qualquer dado em branco, será automaticamente desclassificado.

9. Para a seleção da melhor obra, a Editora Saraiva elegerá uma Comissão Julgadora apta a avaliar todos os originais de acordo com seus critérios editoriais e escolher o vencedor do presente concurso cultural.

10. Toda e qualquer decisão tomada pela Comissão Julgadora será irrevogável.

11. A escolha da melhor obra literária será publicada no mês de março de 2013, no site Benvirá (www.benvira.com.br/premioBenvira/).

12. O vencedor será premiado com o 2º Prêmio Benvirá de Literatura de Ficção - 2012, consistente (i) no pagamento em favor do vencedor do importe de R$30.000,00 brutos, ou seja, o valor está sujeito aos descontos previstos em lei; e (ii) na publicação do original da sua obra pelo selo Benvirá, da Editora Saraiva, no ano de 2013, ocasião em que será formalizado um contrato de edição, de comum acordo entre as partes.

13. A título de divulgação, a Editora Saraiva poderá publicar e distribuir gratuitamente, a seu inteiro critério, exemplares da obra, inclusive por meio digital e de forma fragmentada, com fim exclusivamente promocional, contendo indicação expressa neste sentido e impedimento de ser comercializada, sobre os quais não caberá ao autor qualquer remuneração a título de direitos autorais. O autor será devidamente comunicado sobre a quantidade ofertada para este fim.

14. A entrega do 2º Prêmio Benvirá de Literatura de Ficção - 2012 acontecerá após a divulgação do resultado em data e local a serem ainda definidos pela Editora Saraiva, os quais serão oportunamente divulgados no site Benvirá (www.benvira.com.br/premioBenvira/), sendo o vencedor comunicado através do telefone e e-mail informados na ficha de inscrição.

15. No caso de o vencedor residir fora da Cidade de São Paulo, os gastos de deslocamento e hospedagem de até 2 (dois) dias para recebimento do prêmio serão de responsabilidade da Editora Saraiva, desde que previamente aprovados pela mesma. As demais despesas não descritas nesse Regulamento, tais como — mas não se limitando a — gorjetas para carregadores de malas, tarifas para malas que excedam o peso, a quantidade ou as dimensões máximas permitidas, passeios não inclusos, alimentação, bebidas, bem como despesas extras de caráter pessoal, como telefonemas, utilização de cofres, lavanderia, bar, frigobar, sauna, ginástica, filmes de televisão, compras de qualquer natureza e quaisquer outras despesas não mencionadas, serão de responsabilidade do vencedor.

16. A Editora Saraiva poderá manifestar interesse por trabalhos inscritos no presente concurso cultural e não premiados. Assim, durante o prazo de 6 (seis) meses, a contar da data de divulgação do vencedor, a Editora Saraiva poderá estabelecer contato com os autores de obras recomendadas pela Comissão Julgadora, para adquirir os direitos de publicação.

17. Os originais em desacordo com as normas contidas no presente Regulamento serão imediatamente desclassificados.

18. Os originais e demais documentos entregues à Editora Saraiva em razão da participação no presente concurso cultural não serão devolvidos.

19. A apresentação de originais para concorrer ao 2º Prêmio Benvirá de Literatura de Ficção - 2012 implica expresso acordo às normas expressas no presente Regulamento.

20.. A participação no presente concurso cultural é gratuita.

21. O prêmio é pessoal e intransferível e não poderá ser trocado por quaisquer outros produtos.

22. Os candidatos autorizam o uso e veiculação do seu nome pela Editora Saraiva ou por terceiros por ela autorizados, inclusive para fins comerciais.

23. Todos os casos não previstos nas normas desse Regulamento serão resolvidos diretamente pela Editora Saraiva.

24. Aplica-se a este concurso cultural, incluindo, mas sem se limitar à sua divulgação, condução, participações e premiação, a legislação brasileira, e fica eleito o foro Central da Comarca de São Paulo para dirimir quaisquer controvérsias oriundas do presente Regulamento.

Resultado - Concurso de Crônicas Laura Ferreira do Nascimento

1º LUGAR
Colar de pérolas
LETÍCIA MAURA CONSTANT PIRES - Paris/França.

2º LUGAR
Em família
MOACIR LOPES POCONÉ NETO - Lagarto/ Sergipe.

3º LUGAR
O senador
 AGLIBERTO CERQUEIRA - Santana do Parnaíba / SP.

4º LUGAR
O protegido
MARLI RIBEIRO DE FREITAS – São Paulo/SP.

5º LUGAR
Nepotismo
RAFAEL ALVARENGA GOMES - Cabo Frio/RJ.


Fonte:
http://www.concursosdecronicas.blogspot.com.br/2012/09/resultado-do-concurso-de-cronicas-laura.html
Enviado pela nossa colega Dora Oliveira


Edital:
http://concursos-literarios.blogspot.com.br/2012/02/28062012-concurso-de-cronicas-laura.html

21 de setembro de 2012

26.10.2012 - Prêmio Damário Dacruz de Poesia

Informações:
a) Concurso de Poesias
b) Restrito a autores naturais ou residentes na Bahia

Premiação:
I) R$6.000 divididos entre os três primeiros colocados
II) Publicação de 40 obras em coletânea

Prazo: 26 de Outubro de 2012


Fonte:
http://www.fpc.ba.gov.br/sites/default/files/Pr%C3%AAmioDam%C3%A1rioDacruz.pdf


Organização:
Fundação Pedro de Calmon

Contato e Dúvidas:
http://www.fpc.ba.gov.br


Regulamento:
PRÊMIO DAMÁRIO DACRUZ DE POESIA
REGULAMENTO
A Fundação Pedro Calmon – Centro de Memória e Arquivo Público da Bahia –, entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, com o objetivo de incentivar as publicações do gênero literário Poesia, torna pública a criação do Prêmio de Poesia Damário Dacruz, cujas inscrições estarão abertas de 17 de setembro a 26 outubro de 2012. Serão contemplados com prêmio em dinheiro os três primeiros colocados definidos no objeto deste regulamento e seu anexo.

1. DO OBJETO
1.1 – Constitui objeto do presente Regulamento premiar os três melhores poemas, mensurados através de méritos literários.
1.2 – O prêmio total disponibilizado será de R$6.000,00 (seis mil reais), assim discriminados:
R$3.000,00 (três mil reais) para o primeiro contemplado, R$2.000,00 (dois mil reais) para o segundo e R$1.000,00 (hum mil reais) para o terceiro, mediante recursos provenientes da Fundação Pedro Calmon.
1.3 – Mais 37 (trinta e sete) poemas serão selecionados para integrar a publicação, cujo título, ainda por escolher, trará o subtítulo Prêmio Damário Dacruz de Poesia.

2 - DOS CONCORRENTES
2.1 – Poderão concorrer autores maiores de dezoito anos, de naturalidade baiana ou residentes na Bahia há pelo menos três anos.
2.2 – É vedada a inscrição ou participação direta ou indireta dos servidores do Governo do Estado da Bahia, de qualquer categoria, natureza ou condição, por termos dos artigos 125 e 207 da Lei Estadual 9433/05, e de todos os envolvidos no processo de avaliação do prêmio, bem como cônjuges, companheiros e parentes dos mesmos, em linha reta, colateral ou por afinidade, até 3º grau.

3 – DAS INSCRIÇÕES
3.1 – As inscrições são gratuitas e estarão abertas de 17 de setembro a 26 outubro de 2012, de segunda a sexta-feira, no horário das 9 às 17 horas, na sede da Fundação Pedro Calmon, à Av. Sete de Setembro, 282, Edf. Brasilgás, salas 605/6, 6º andar, Centro, Salvador, BA, 40060-001, ou por via postal com Aviso de Recebimento (AR). De 17 a 21 de outubro, durante a Festa Literária Internacional de Cachoeira (FLICA), a Fundação Pedro Calmon recepcionará inscrições no Pouso da Palavra, à Praça da Aclamação, 8, Cachoeira, das 14 às 17 horas.
3.2 – Só serão aceitas as obras postadas até o último dia do prazo previsto (26 de outubro de 2012) no item 3.1 deste Regulamento, com a comprovação do carimbo dos Correios.
3.3 – Os poemas devem ser apresentados em três vias rigorosamente iguais, acompanhadas de:
3.3.1 – Envelope lacrado, contendo ficha de inscrição com nome completo, nome artístico, pseudônimo, títulos dos poemas, endereço pessoal, RG, CPF, currículo, comprovante de residência e declaração de autoria e ineditismo.
3.3.2 – Nas inscrições pelos Correios, o concorrente pode preencher o campo de remetente, opcionalmente, tanto com o pseudônimo quanto com o seu verdadeiro nome.
13.4 – Não serão aceitos poemas escritos em coautoria.
3.5 – A Fundação Pedro Calmon fornecerá ao concorrente comprovante de inscrição. No caso de inscrição por via postal, será considerado como comprovante o Aviso de Recebimento (AR), contanto que a data do carimbo de postagem, no envelope, não seja posterior à data limite de inscrição.
3.6 – Em nenhuma hipótese serão aceitas inscrições ou entrega de qualquer documento ou material fora do prazo, da forma e das demais condições estabelecidas neste Regulamento.
3.7 – O ato de inscrição no Prêmio implica na plena aceitação, por parte do autor, na divulgação dos poemas ou trechos dos mesmos através das publicações e do portal da Fundação Pedro Calmon e suas ramificações (blogues etc.), caso o mesmo seja um dos vencedores ou selecionados para a publicação referida no item 1.3, sendo indevido qualquer pagamento extraordinário ao autor, por conta deste uso, salvo a premiação prevista neste Regulamento.
3.8 – A efetivação da inscrição implica na aceitação, pelo autor, de todas as disposições aqui expressas.
3.9 – Os concorrentes cujas inscrições não atendam ao disposto neste Regulamento serão desclassificados.
3.10 – Serão de responsabilidade do concorrente, ao se inscrever:
3.10.1 – Todas as despesas decorrentes de sua participação na seleção prevista neste Regulamento;
3.10.2 – A legitimidade e legalidade dos documentos apresentados;
3.10.3 – A guarda pessoal da cópia das obras inscritas.
3.11 – As dúvidas sobre o processo de inscrição poderão ser esclarecidas através dos seguintes endereços eletrônicos: dll.fpc@fpc.ba.gov.br ou diliv.fpc@gmail.com.

4 – DA DOCUMENTAÇÃO
4.1 – A inscrição será efetivada com a entrega dos seguintes documentos, acompanhados da ficha
de inscrição em anexo:
4.1.1 – Cópias (em processo de xérox, escâner ou outro) de RG, CPF, comprovante de residência e currículo resumido do autor;
4.1.2 – Declaração assinada pelo autor informando que os poemas não caracterizam, no todo ou em parte, plágio ou autoplágio; e asseverando que os mesmos são inéditos.
4.1.3 – Três vias impressas e rigorosamente iguais de cada poema.
4.2 - A ficha de inscrição também encontra-se disponível para impressão no site da Fundação Pedro Calmon (www.fpc.ba.gov.br).

5 - DAS OBRAS
5.1 – As obras devem ser apresentadas de forma impressa e escritas em Língua Portuguesa, excetuando-se os trechos que se referem a citações e/ou intertextualidades de outros idiomas.
25.2 – Os autores poderão concorrer com no máximo três poemas.
5.3 – A apresentação dos textos deverá obedecer as seguintes especificações:
5.3.1 – Impressão em fonte Times New Roman, tamanho 12, cor preta ou azul, no anverso do papel A4;
5.3.2 – Texto com entrelinha 1,5;
5.3.3 – Margens superior, inferior e laterais de 3cm;
5.3.4 – Aposição de título e pseudônimo do autor.

6 – DA SELEÇÃO
6.1 – O processo de avaliação será realizado em duas etapas:
6.1.1 – A primeira etapa, de caráter eliminatório, consiste na conferência do material recebido e do atendimento às exigências formais deste Regulamento (processo de HABILITAÇÃO).
6.1.2 – A segunda etapa, de caráter classificatório, consiste na avaliação de mérito, pela comissão de seleção, das obras habilitadas na primeira etapa.

7 – DAS COMISSÕES
7.1 – O julgamento será realizado por duas Comissões, sendo:
7.1.1 – Uma comissão de Habilitação composta por três funcionários da Diretoria do Livro e da Leitura, da Fundação Pedro Calmon;
7.1.2 – Uma comissão de seleção composta por três notórios conhecedores e/ou autores de Literatura.
7.2 – A decisão das duas comissões é soberana.

8 – DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
8.1 – Os concorrentes serão avaliados pela Comissão de Habilitação de acordo com os critérios dispostos nos itens 2, 3, 4 e 5 deste Edital.
8.2 – As obras, por sua vez, serão julgadas pela Comissão de Seleção de acordo com os seguintes critérios:
8.2.1 – a) relevância estética, b) mérito literário (estilo e forma), c) proeminência lírica do tema.

9 – DOS RESULTADOS
9.1 – A lista com a relação dos autores habilitados na primeira etapa da seleção será publicada, por pseudônimo, no Diário Oficial do Estado da Bahia, divulgada no site www.fpc.ba.gov.br e afixada na sede da Fundação Pedro Calmon e bibliotecas públicas do Estado, em até trinta dias corridos, a contar da data de encerramento das inscrições.
39.2 – A lista, com a classificação e os vencedores (incluindo os demais 37 que integrarão o livro) será divulgada no Diário Oficial do Estado da Bahia e no site www.fpc.ba.gov.br, em até setenta dias corridos, a contar da data de encerramento das inscrições.

10 – DA PREMIAÇÃO
10.1 – O prêmio total disponibilizado para este Edital será de R$6.000,00 (seis mil reais).
10.2 – A premiação será atribuída da seguinte forma:
10.2.1 – Ao melhor poema, R$ 3.000,00 (três mil reais);
10.2.2 – Ao segundo melhor poema, R$ 2.000,00 (dois mil reais);
10.2.3 - Ao terceiro melhor poema, R$ 1.000,00 (hum mil reais);
10.3 – Outros 37 (trinta e sete) poemas serão selecionados para compor o livro, que deverá ser publicado em 2013, com recursos da Fundação Pedro Calmon e supervisão editorial da Diretoria do Livro e da Leitura.

11 – DO RECEBIMENTO DO PRÊMIO
11.1 – Os autores das obras premiadas terão o prazo de dez dias corridos, a contar da publicação do resultado final, para a entrega dos seguintes documentos complementares, com vistas ao recebimento do prêmio em dinheiro: comprovante de regularidade com as Fazendas Federal,
Estadual e Municipal e comprovante de conta corrente individual (não será aceita conta de poupança, exceto da Caixa Econômica Federal).
11.2. – Os autores premiados que não estiverem regulares com as Fazendas Federal, Estadual e Municipal serão sumariamente desclassificados e substituídos pelos autores subsequentes, na ordem de classificação.

12 - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
12.1 – É de responsabilidade exclusiva do autor a regularização de toda e qualquer questão relativa a direitos autorais e a observância das disposições deste Regulamento.
12.2 – Efetivado o recebimento das obras, pela Fundação Pedro Calmon, não serão aceitas solicitações de alterações nas mesmas, nem em seus documentos.
12.3 – Os originais das obras que concorreram ao Prêmio Damário Dacruz de Poesia – Bahia/2012 serão desmanchados e destinados à reciclagem de papel, no prazo de 30 (trinta) dias após a publicação do resultado final.
12.4 – Os prazos estabelecidos para a conclusão dos trabalhos das comissões poderão, excepcionalmente, sofrer alterações, interferindo no cronograma inicial.
12.5 – Os casos omissos serão resolvidos pela Direção Geral da Fundação Pedro Calmon.
12.6 – Este Regulamento publica-se no Diário Oficial do Estado da Bahia, de 14/09/2012. O Regulamento também está disponível no portal www.fpc.ba.gov.br e na sede da Fundação Pedro Calmon, na forma impressa.

26.10.2012 - 8º Concurso Literário Acrísio de Camargo

Informações:
a) Concurso de Poesias, Contos e Crônicas
b) Restrito a residentes em Indaiatuba - SP

Premiação:
I) R$4.100,00 divididos entre os três primeiros colocados

Prazo: 26 de Outubro de 2012


Fonte:
http://www.indaiatuba.sp.gov.br/cultura/concurso-literario-acrisio-de-camargo/


Organização:
Secretaria de Cultura do Município de Indaiatuba - SP
Jornal “Tribuna de Indaiá”

Contato e Dúvidas:
Secretaria de Cultura de Indaiatuba, Praça Dom Pedro II, s/nº, Centro


Regulamento:
8º CONCURSO LITERÁRIO “ACRÍSIO DE CAMARGO” (POESIA, CONTO e CRÔNICA)

Regulamento
O presente concurso é resultado da parceria entre o Jornal “Tribuna de Indaiá” e a Secretaria de Cultura do Município de Indaiatuba - SP.

1. Objetivo: Divulgar o nome do autor da letra do “Hino de Indaiatuba” e incentivar a produção literária no município.

2. Das Inscrições:
a. Podem inscrever-se as pessoas residentes no Município de Indaiatuba de qualquer idade;
b. As inscrições deverão ser feitas na sede da Secretaria de Cultura de Indaiatuba, Praça Dom Pedro II, s/nº, Centro, CEP: 13.330-080, das 8h às 17h entre os dias 1º a 26 de outubro de 2012, munidos da Ficha de Inscrição, disponível no site da Prefeitura Municipal de Indaiatuba: www.indaiatuba.sp.gov.br e anexando a documentação necessária;
c. As inscrições feitas através dos Correios deverão ser enviadas à Secretaria Municipal de Cultura no endereço do item 2-b deste regulamento e postadas até o dia 28 de outubro de 2011;
d. Cada concorrente poderá se inscrever em uma, duas ou nas três modalidades: Poesia, Conto e Crônica, com apenas um texto em cada modalidade e que ainda não tenha sido publicado sob qualquer forma;
e. O texto deverá ser digitado em 4(quatro) vias em folha tamanho A4 (210 x 297 cm), fonte Time News Roman e corpo 12(doze) sem identificação e em formato digital (CD) preferencial em PDF.
f. Deverá constar, no interior do envelope que contém o(s) trabalho(s), um outro envelope menor, contendo a “Ficha de Inscrição” e xérox dos documentos necessários. Na parte externa desse pequeno envelope, deverão constar apenas o pseudônimo do autor e o(s) título(s) do(s) trabalho(s);
g. Os textos apresentados NÃO SERÃO DEVOLVIDOS sob qualquer hipótese, passando a fazer parte do acervo histórico da Secretaria Municipal de Cultura;
h. Com a inscrição, os concorrentes automaticamente concordam com o presente regulamento e autorizam a publicação através do jornal “Tribuna de Indaiá”;
i. Aos menores de 18 anos, será exigida autorização do pai ou responsável, disponível no site da Prefeitura Municipal de Indaiatuba: www.indaiatuba.sp.gov.br para preenchimento;
j. Os inscritos se responsabilizam pela originalidade da obra.

Da Comissão Julgadora:
k. Os trabalhos serão julgados por escritores do Estado de São Paulo e da decisão dos mesmos não caberá recurso;
l. A Secretaria de Cultura entregará aos jurados os textos inscritos sem a identificação dos autores;
m. Em cada modalidade, serão escolhidos 3 (três) trabalhos (primeiro ao terceiro lugares);
n. Além das escolhas mencionadas, poderão ser indicadas outras 3(três) “Menções Honrosas” em cada modalidade;
o. O resultado será anunciado no dia 09 de dezembro em solenidade especial na SALA ACRÍSIO DE CAMARGO

3. Da Premiação em cada modalidade:
· Primeiro lugar: R$ 2.000,00
· Segundo lugar: R$ 1.500,00
· Terceiro lugar: R$ 600,00
a. As obras classificadas em primeiro lugar serão publicadas no jornal “Tribuna de Indaiá”;
b. Todos os inscritos receberão um “Certificado de Participação”.

4. Documentação necessária:
a. Xerox do R.G.;
b. Xerox do CPF (do autor ou seu representante legal);
c. 4(quatro) cópias do trabalho sem identificação
d. Cd com os textos em formatação digital preferencialmente em PDF

REALIZAÇÃO
PREFEITURA MUNICIPAL DE INDAIATUBA E SECRETARIA DE CULTURA
APOIO: JORNAL TRIBUNA DE INDAIÁ

Poemas selecionados: Um poema em cada árvore (Mobilização nacional)

Segue abaixo a relação dos 15 poemas selecionados pela curadoria do Instituto Psia para circular, juntamente com 10 poemas de autores locais, pelas 83 cidades em que o Um poema em cada árvore acontecerá:

- Clarice Paes - Campinas/SP – “memória afogada”

- Francisco Cleyson de Sousa Gomes - Teresina/PI – “O pouso do haikai”

- Jair Barbosa - Belo Horizonte/MG – “rio sem dono”

- Karline da Costa Batista - Aracati/CE – “Recital da Goiabeira”

- Rafael Luiz Zen - Brusque/SC – “abismo.”

- Leonardo Bruno de Araújo Santos - Arcoverde/PE – “Transeuntes”

- Luiz Otávio Oliani - Rio De Janeiro/RJ – “Encantamento”

- Reginaldo Costa de Albuquerque - Campo Grande/MS – “árvore”

- Robson Leandro Soda - Santa Cruz do Sul/RS – “Relíquia”

- Rodrigo Domit - Rio de Janeiro/RJ – “Cochicho”

- Rosana Banharoli - Santo André/SP – “Visão Nefasta”

- Sérgio Bernardo - Nova Friburgo/RJ – “Alfabeto do Verde”

-Tatiana Wan-Der-Maas Guimarães - Governador Valadares/MG – “Feriado”

- Tom Vital - Belo Horizonte/MG – “Nuvens“

- Valdeck Almeida de Jesus – Salvador/BA – “Poema a Gonçalves Dias”


Comissão Julgadora:
Marcelo Rocha; Mariana de Matos e Roberto César Ribeiro Chaves.


Saiba mais sobre o projeto:

Notícia - Finalistas do Prêmio Jabuti 2012

Foram divulgados nesta quinta-feira, 20, os 10 finalistas das 29 categorias do tradicional Prêmio Jabuti, um dos mais prestigiosos do mercado editorial brasileiro.

http://www.estadao.com.br/noticias/arteelazer,premio-jabuti-divulga-finalistas,933487,0.htm
Walter Craveiro/Divulgação

Na lista, nomes consagrados como Dalton Trevisan, recém-premiado com o Camões, Lygia Fagundes Telles, Rubem Fonseca, Nuno Ramos, Ana Maria Machado e Wilson Bueno, morto em 2010 e que teve seu livro Mano, a Noite Está Velha publicado postumamente, além de autores da nova geração, como Julián Fuks, finalista também do Prêmio São Paulo de Literatura, que anuncia os vencedores na segunda-feira, e do Portugal Telecom, e Luisa Geisler, que ganhou duas vezes o Prêmio Sesc de Literatura. Os dois integram a Granta - Os Melhores Jovens Autores Brasileiros, lançada em julho.

Concorrem livros publicados no Brasil entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2011. Só o primeiro lugar ganha o prêmio de R$ 3.500. Os segundos e terceiros colocados levam a estatueta do Jabuti.

Dois jornalistas do Estado são finalistas este ano na categoria Reportagem. Christian Carvalho Cruz concorre com Entretanto, Foi Assim Que Aconteceu: Quando a Notícia É Só o Começo de Uma Boa História, e Leonencio Nossa, com O Rio: Uma Viagem Pelo Amazonas. Ignácio de Loyola Brandão, cronista do Caderno 2, concorre na categoria Infantil com O Menino Que Perguntava.

Os três vencedores de cada categoria serão revelados no dia 18 de outubro. Na premiação, em 28 de novembro, serão conhecidos os dois melhores livros publicados em 2011 em Ficção e Não Ficção - eles ganham R$ 35 mil cada um.

Segundo a organização, a lista completa dos finalistas estará no site www.premiojabuti.com.br a partir desta sexta-feira.

Romance
Mano, A Noite Está Velha (Planeta) - Wilson Bueno
Infâmia (Objetiva) - Ana Maria Machado
Procura do Romance (Record) - Julián Fuks
O Passeador (Rocco) - Luciana Hidalgo
Habitante Irreal (Objetiva) - Paulo Scott
Nihonjin (Saraiva) - Oscar Nakasato
Naqueles Morros, Depois da Chuva"(Hedra) - Edival Lourenço
Tapete de Silêncio (Global)- Menalton Braff
O Estranho No Corredor (34) - Chico Lopes
Herança de Maria (Leya)- Domingos Pelegrini

Contos e crônicas
O Livro de Praga (Companhia das Letras) - Sérgio Sant'anna
Vento Sul - Ficções (Companhia das Letras) - Vilma Arêas
O Anão e a Ninfeta (Record) - Dalton Trevisan
O Destino das Metáforas (Iluminuras) - Sidney Rocha
Nós Passaremos em Branco (Arquipélago)- Luis Henrique Pellanda
Axilas e Outras Histórias Indecorosas (Ediouro) - Rubem Fonseca
Enquanto Água (Record) - Altair Martins
Onde Terminam os Dias (7Letras) - Francisco de Morais Mendes
Contos de Mentira (Record) - Luisa Geisler
Passaporte Para a China - Crônicas de Viagem (Companhia das Letras) - Lygia Fagundes Telles

Poesia
Alumbramento (Iluminuras) - Maria Lúcia Dal Farra
Vesúvio (Companhia das Letras) - Zulmira Ribeiro Tavares
A Viagem (Bem-Te-Vi) - Valmir Hayala
Roça Barroca (Cosac Naify) - Juvely Vianna Baptista
Curare (Iluminuras) - Ricardo Corona
Junco (Iluminuras) - Nuno Ramos
A Fera Incompletude (Dobra) - Fabrício Marques
Trans (Cosac Naify) - Age de Carvalho
Laetitia, SP (Ateliê) - Gabriel Pedrosa
Sísifo Desce a Montanha (Rocco) - Affonso Romana de Sant'anna

Reportagem
Os Últimos Soldados da Guerra Fria (Companhia das Letras) - Fernando Morais
Saga Brasileira: a Longa Luta de Um Povo Por Sua Moeda (Record) - Miriam Leitão
Cofre do Dr. Rui (Civilização Brasileira) - Tom Cardoso
Perda Total (Objetiva) - Ivan Sant'anna
O Espetáculo Mais Triste da Terra (Companhia das Letras) - Mauro Ventura
O Rio: Uma Viagem Pelo Amazonas (Record) - Leonencio Nossa
Guerras e Tormentas - Diário de Um Correspondente Internacional (Besouro Box) - Rodrigo Lopes
Um Escritor No Fim do Mundo: Viagem Com Bichel Houellebecq à Patagônia (Record) - Jurenir Machado da Silva
A Privataria Tucana (Geração) - Amauri Ribeiro Jr.
Entretanto, Foi Assim Que Aconteceu: Quando a Notícia É Só o Começo de Uma Boa História (Arquipélago) - Christian Carvalho Cruz

Infantil
Mil e Uma Estrelas (SM) - Marilda Castanha
Alice no Telhado (SM) - Nelson Cruz
O Capetinha do Espaço Ou o Menino de Mercúrio (Melhoramentos) - Ziraldo Alves Pinto
Pastinha - O Menino Que Virou Mestre de Capoeira (Solisluna) - José de Jesus Barreto
Votupira - O Vento Doido da Esquina (SM) - Fabrício Carpinejar
O Elefante Escravo do Coelho (Autêntica) - Sonia Junqueira e Giramundo
Carmela Vai À Escola (Record) - Elisabeth Teixeira
O Menino Que Perguntava (Objetiva) - Ignácio Loyola Brandão
Contradança (Companhia das Letras) - Roger Mello
Onde eles estão? (Brinque-Book) - Fernando Vilela
Mundo pra que te quero (Paulinas) - Salizete Freire

Juvenil
A Mocinha do Mercado Central (Globo) - Stella Maris Rezende
Nem Eu Nem Outro (SM) - Suzana Montoro
As Memórias de Eugênio (Positivo) - Marcos Bagno
Ponte Ponteio" (Record)- Rui de Oliveira
Sombras No Asfalto (Companhia das Letras) - Luis Gill
Estação Brasil" (STB) - Domingos Pellegrini
A Filha Das Sombras (Edelbra) - Caio Riter
A Guardiã dos Segredos de Família (SM) - Stella Maris Rezende
Um Quilombo no Leblon (Pallas) - Luciana Sandroni
Anjo de Rua (Companhia Editora de Pernambuco) - Manoel Constantino
Eu, Sumé (Novo Século) - Marco Moretti
A Menina Que Não Queria Ser Top Model (Biruta) - Lia Zatz

20 de setembro de 2012

No Dia da Árvore, projeto de incentivo à leitura realiza mobilização nacional

Amanhã, dia 21 de setembro de 2012, será realizada em 83 cidades de todo o Brasil a mobilização nacional do projeto Um poema em cada árvore, uma iniciativa de incentivo à leitura que utiliza as árvores como suporte de leitura.

Neste dia, em que se comemora o Dia da Árvore, uma rede poetas, educadores, agentes culturais e sociais estarão mobilizados para levar a poesia aos locais onde o povo está.

Sobre o projeto


O Um poema em cada árvore é uma iniciativa de incentivo à leitura realizada desde agosto de 2010 na cidade de Governador Valadares, Minas Gerais.


Idealizada pelo poeta Marcelo Rocha e realizada pelo Instituto Psia, a iniciativa caracteriza-se por utilizar as árvores como suporte para a leitura, pendurando mensalmente poemas de poetas desconhecidos do grande público nos oitis valadarenses.

Esta foi uma forma encontrada para construir novos espaços de fruição poética, ampliar o acesso da população à poesia e colocar o trabalho de poetas anônimos em contato com novos públicos.

O Um poema em cada árvore foi uma das iniciativas premiadas com o Prêmio Vivaleitura 2011, concedido pela OEI - Organização dos Estados Ibero-Americanos, Ministério da Cultura, Ministério da Educação e Fundação Santillana.


Mobilização nacional


A repercussão nacional do projeto somada à sua característica pioneira e de fácil replicação permitiu que diversos poetas, educadores, agentes culturais e sociais brasileiros manifestassem interesse em realizar o Um poema em cada árvore em suas cidades.


Ao encontro dessas maravilhosas manifestações será realizado no Dia da Árvore (21 de setembro) o Um poema em cada árvore (Mobilização Nacional) em 83 (oitenta e três) cidades de 24 Unidades Federativas brasileiras, constituindo assim uma rede de poetas, educadores,agentes culturais e sociais mobilizados em fomentar ainda mais as intenções do projeto no que refere à conquista de novos espaços de fruição poética, ampliação do acesso da população à poesia, divulgação do trabalho de poetas desconhecidos do grande público e elevação do índices de leitura em nosso país.


Lista das cidades participantes


01. ALEXANDRIA - RN

02. ALMENARA - MG
03. ALTA FLORESTA - MT
04. ANÁPOLIS - GO
05. BACABAL - MA
06. BAGÉ - RS
07. BELO HORIZONTE - MG
08. BOQUEIRÃO - PB
09. BRASÍLIA - DF
10. CAMPINA GRANDE - PB
11. CAMPO GRANDE - MS
12. CAMPO NOVO DO PARECIS - MT
13. CARMOPOLIS DE MINAS - MG
14. CERQUILHO - MG
15. CHAPADA GAÚCHA - MG
16. CONSELHEIRO LAFAIETE - MG
17. CONTAGEM - MG
18. CURITIBA - PR
19. DELTA - MG
20. DOURADOS - MS
21. ENTRE RIOS DE MINAS - MG
22. ESPLANADA - BA
23. FORTALEZA - CE
24. FREDERICO WESTPHALEN - RS
25. GARÇA - SP
26. GOVERNADOR VALADARES - MG
27. GUARANÉSIA - MG
28. IBATEGUARA - AL
29. ILHÉUS - BA
30. ITABUNA - BA
31. JANUÁRIA - MG
32. JARAGUARI - MS
33. JUAZEIRO DO NORTE - PB
34. JUÍNA - MT
35. LAGAMAR - MG
36. LAPÃO - BA
37. LARANJAL - MG
38. LIVRAMENTO DE NOSSA SENHORA - BA
39. MACAPÁ - AP
40. MAJOR SALES - RN
41. MANAUS - AM
42. MARABÁ - PA
43. MARAVILHA - SC
44. MARIANA - MG
45. MARINGÁ - PR
46. MATA GRANDE - AL
47. NITERÓI - RJ
48. OSASCO - SP
49. OURO BRANCO (ITATIAIA - ZONA RURAL) - MG
50. PETRÓPOLIS - RJ
51. PIAÇABUÇU - AL
52. PIRAJU - SP
53. POÁ - SP
54. PONTE NOVA - MG
55. PORTO ALEGRE - RS
56. PORTO VELHO - RO
57. PRATA DO PIAUI - PI
58. QUELUZ - SP
59. RECIFE - PE
60. RIO DE JANEIRO - RJ
61. RIO DOCE - MG
62. RIO GRANDE - RS
63. RIO VERDE DE MATO GROSSO - MS
64. SALVADOR - BA
65. SANTA CRUZ DE GOIÁS - GO
66. SANTA CRUZ DO SUL - RS
67. SANTA MARIA - RS
68. SANTANA - AP
69. SANTIAGO (TERRA DOS POETAS) - RS
70. SÃO FRANCISCO DO CONDE - BA
71. SÃO GONÇALO DO SAPUCAI - MG
72. SÃO JULIÃO - PI
73. SÃO MATEUS - ES
74. SERRA - ES
75. TEIXEIRA DE FREITAS - BA
76. UBAÍRA - BA
77. UBERABA - MG
78. UNAI - MG
79. UNIÃO DOS PALMARES - AL
80. VINHEDO - RS
81. VITÓRIA - ES
82. VITÓRIA DA CONQUISTA - BA
83. XAPURI - AC


Mais informações:

31.10.2012 - Concursos da APPACDM de Setúbal (Portugal)

Informações:
a) Concursos de Poesias (Nacional e Estudantil)
b) Restrito a autores portugueses

Premiação:
I) Conferir nos regulamentos as premiações de ambos os concursos

Prazo: 31 de Outubro de 2012


Fonte:
Enviado por e-mail pela organização


Organização:
APPACDM de Setúbal - Portugal

Contato e Dúvidas:
265 541160 (secretariado da Direcção – Fernanda Esteves)


Regulamentos:
VII CONCURSO DE POESIA DA APPACDM DE SETÚBAL

REGULAMENTO

1 – A APPACDM de Setúbal – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental promove a Décima-Sétima Edição do Concurso de Poesia, este ano, subordinado ao tema “A Poesia que há em ti”, com o objectivo de estimular a actividade criadora e sensibilizar a comunidade para a problemática da deficiência mental.

2 – Só serão considerados trabalhos poéticos que abordem temas relacionados com a problemática da deficiência mental.

3 – A este concurso podem candidatar-se todos os cidadãos Nacionais residentes no Continente e Arquipélagos da Madeira e Açores, com idade igual ou superior a 18 anos.

4 – Os poemas devem ser originais, em língua portuguesa, dactilografados em folhas A4 ou impressos em computador e, que nunca tenham sido apresentados em anteriores

concursos desta Associação.

5 – Os trabalhos a concurso devem ser enviados em 3 exemplares, assinados com pseudónimo, para:

CONCURSO DE POESIA

APPACDM de Setúbal – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão
Deficiente Mental
Avª Sº Francisco Xavier, Lote 8, Cave
2900-616 Setúbal

6 – A data limite da recepção dos trabalhos será até dia 31 de Outubro de 2012. (data do correio).

7 – Os trabalhos concorrentes deverão ser enviados em sobrescrito fechado, devendo no exterior referir o pseudónimo utilizado pelo concorrente. Deve, também, ser remetido um outro sobrescrito fechado, contendo no interior os elementos de identificação e os contactos desse mesmo concorrente e no exterior o seu pseudónimo.

8 – Cada concorrente só poderá participar com o máximo de três poemas.

9 – Os trabalhos serão analisados por um júri constituído por três elementos de reconhecido valor literário, convidados pela APPACDM de Setúbal.

10 – Serão atribuídos prémios aos três primeiros classificados e até cinco Menções Honrosas.

11- Os premiados com os três melhores trabalhos ou com eventuais menções honrosas, serão informados individualmente.

12 - A decisão do júri quanto aos autores premiados, será tornada pública através dos Órgãos de Comunicação Social, sem ordem de atribuição, a partir de 5 de Novembro

de 2012.

13 – Na Cerimónia de Entrega dos Prémios a realizar no dia 10 de Novembro de 2012, pelas 15.00 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Setúbal, deverão comparecer

os concorrentes premiados sem os quais a Organização achar-se-á no direito de considerar os prémios sem efeito. A sua ausência só será considerada por motivos

justificados.

14 – Os trabalhos a concurso não premiados, poderão ser levantados até ao final do mês de Novembro de 2012, findo o qual a Organização não se responsabiliza pela devolução dos mesmos.

15 – Para qualquer esclarecimento contactar através do telefº 265/541160 (secretariado – Fernanda Esteves)

Patrocínios

1º Prémio
- Edição gratuita de 1 livro de poesia ao concorrente premiado com o 1º prémio – patrocínio da Editora Lua de Marfim - 1 Estadia de 2 noites, para 2 pessoas, oferta do

Antíllia Hotel Apartamento, em Ponta Delgada – S. Miguel – Açores

2º Prémio
1 Pack de vouchers – oferta do Vila Galé Hotéis

3º Prémio
1 Telemóvel TMN – Rohs compliant

Menções Honrosas
(em fase de pedidos de patrocínio)

APOIOS

Câmara Municipal de Setúbal
Casa Ermelinda Freitas





VII CONCURSO DE POESIA DA APPACDM DE SETÚBAL - COMUNIDADE ESCOLAR

REGULAMENTO

1 – A APPACDM de Setúbal – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental promove a Sétima Edição do Concurso de Poesia (Comunidade Escolar),

subordinado ao tema “A Poesia que há em ti”, com o objectivo de estimular a actividade criadora das crianças e jovens e sensibilizá-los para a problemática da

deficiência mental.

2 – Só serão considerados trabalhos poéticos que abordem temas relacionados com a problemática da deficiência mental.

3– A este concurso, de âmbito Nacional, podem candidatar-se todas as crianças e jovens que frequentem as escolas básicas do 1º ciclo, EB2,3 Ciclos e Secundárias, em

Portugal Continental e nos Arquipélagos da Madeira e Açores, até aos 18 anos.

4 – Os poemas devem ser originais, em língua portuguesa, dactilografados em folhas A4 ou impressos em computador e, que nunca tenham sido apresentados em anteriores

concursos desta Associação.

5 – Os trabalhos a concurso devem ser enviados em 3 exemplares, assinados com pseudónimo e identificação (envelope) do estabelecimento de ensino, para:

CONCURSO DE POESIA
(Comunidade Escolar)

APPACDM de Setúbal – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental
Avª S. Francisco Xavier – Lote 8-Cave- 2900-616 Setúbal

6 – A data limite da recepção dos trabalhos será dia 31 de Outubro de 2012 (data do correio).

7 – Os trabalhos concorrentes deverão ser enviados em sobrescrito fechado, com identificação do estabelecimento de ensino a que pertence, devendo no exterior referir o

pseudónimo utilizado pelo concorrente e no interior um outro envelope mais pequeno fechado com os dados do concorrente, identificado por fora com o pseudónimo.

8 – Cada concorrente só poderá participar com o máximo de 3 poemas.

9 – Os trabalhos serão analisados por um júri constituído por três elementos de reconhecido valor literário, convidados pela APPACDM de Setúbal.

10 – Serão atribuídos prémios aos três primeiros classificados e até cinco Menções Honrosas.

11– Os premiados com os três melhores trabalhos ou com eventuais Menções Honrosas, serão informados individualmente.

12 – A decisão do júri quanto aos autores premiados, será tornada pública através dos órgãos de comunicação social local e Nacional, sem ordem de atribuição, a partir

de 5 de Novembro de 2012.

13– Na Cerimónia de Entrega dos Prémios a realizar no dia 10 de Novembro de 2012, pelas 15 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Setúbal, deverão comparecer os

concorrentes premiados sem os quais a Organização achar-se-á no direito de considerar os prémios sem efeito. A sua ausência só será considerada por motivos

justificados.

Convidam-se a comparecer, ainda, à Cerimónia de Entrega de Prémios representantes das escolas premiadas ou do Agrupamento Escolar a que pertencem os premiados.

14 – Os trabalhos a concurso não premiados, poderão ser levantados até ao final do mês de Dezembro de 2012, findo o qual a Organização não se responsabiliza pela

devolução dos mesmos.

15 – Para qualquer esclarecimento contactar através do telf: 265 541160 (secretariado da Direcção – Fernanda Esteves)

PATROCÍNIOS
Ainda por designar

APOIO
Câmara Municipal de Setúbal
Casa Ermelinda Freitas