31 de dezembro de 2012

Resultado - 6º Concurso Literário TDM (Moçambique)

Maputo (Canalmoz) - A empresa Telecomunicações de Moçambique realizou no dia 20 de Dezembro, pelas 16h00, no átrio do Instituto de Formação das Telecomunicações, a cerimónia de entrega de prémios aos vencedores do Concurso Literário TDM 2012.

Os vencedores são os autores: Jofredino L. Faife, na categoria de Romance, com o título "Filha de Um Deus Menor” e de Nelson Fernando Manhisse na categoria de Conto, com o título “Histórias Indecentes”.

Os vencedores foram homologados num universo de 141 candidaturas, pelo júri constituído por Gilberto Matusse, Lucílio Manjate e Cardoso Chongo, todos conceituados docentes e escritores literários moçambicanos.

O referido júri decidiu não atribuir prémio à categoria de Poesia, por não ter encontrado uma proposta que satisfizesse os rigorosos critérios de qualidade e criatividade por si estabelecidos. Entretanto, e dentro das suas competências, o júri decidiu atribuir menções honrosas às propostas literárias de Hilófero da Conceição em “A Almofada Sem Fronha” na categoria de Romance; Leonardo Jossai Unguana, com a proposta de Conto intitulada “O Pacto” e a Rafael Carlos da Câmara, pela sua proposta de originais sem título na modalidade de Poesia.

O vencedor da categoria de Romance vai beneficiar de um prémio financeiro de 150 mil Meticais e o vencedor da modalidade de conto, 100 mil Meticais, além de um computador portátil, pacote de Internet Banda Larga grátis durante três meses, bem como a publicação das suas obras.

Os livros impressos, num total de mil exemplares, são destinados à oferta aos autores e bibliotecas de escolas e estabelecimentos de ensino um pouco por todo o País.

Refira-se que o Concurso Literário TDM é uma iniciativa da empresa Telecomunicações de Moçambique, inscrita no quadro das acções de Responsabilidade Social. São principais objectivos da iniciativa estimular a criação literária e divulgar jovens talentos nas vertentes do Romance, Conto e Poesia.

A primeira edição do Concurso decorreu em Junho de 2002, aquando das comemorações dos 20 Anos da empresa. No ano seguinte, durante o lançamento da Bienal de Artes, a TDM decidiu instituir o Concurso Literário como um evento regular e permanente.

Nestas seis edições, o Concurso Literário lançou na arena nacional e internacional talentos hoje consagrados como Guita Jr., Aldino Muianga, Rogério Manjate, Januário Mutaquia, Hélder Faife, entre outros.


Fonte:

Resultado - 8º Concurso Literário Acrísio de Camargo

Poesia

1º lugar – Anônimo e Azul – Egberto Penido
2º lugar – Poema Quebrado – Marcus Vinícius Mazieri Campo
3º lugar – Palhaçaria – Bruna Carolini Biasi
Menção honrosa – (des) Virtualizar – Elton Rigotto Genari
Menção honrosa – Pescadores de Ônibus – Beatriz Regina Guimarães Barboza
Menção honrosa – Descolorida – Doracy Furlan
Menção honrosa – Janelas Fechadas – Moacir Rocha


Crônica

1º lugar – Adeus às Rotatórias – Jaqueline Eva Odenheimer
2º lugar – Aromas Circulantes – Arthur Lapolla Mainardi
3º lugar – Ataque dos Cabelos Brancos – Camila Cristina Piovezani Giovani Mainardi
Menção honrosa – Vamos Mandar Bala na Prefeitura – José Roberto Guedes de Oliveira
Menção honrosa – Alice na Terras das (des) Venturas – Elton Rigotto Genari
Menção honrosa – Uma Crônica – Luis Fernando Conti Rodrigues
Menção honrosa – O Último da Fila Sou Eu – Valdim Rodrigues Silva


Conto

1º lugar – A Peça de Teatro – Rafael Henrique Wolf
2º lugar – O Pé de Mamão – Irene Watanabe
3º lugar – O Livro de Poesia – Victor Simões Lobato
Menção honrosa – Janaina (parte um) – Elton Rigotto Genari
Menção honrosa – Papel – Alexandre Bury
Menção honrosa – O Time B – Carlos Gustavo Cezare
Menção honrosa – O Reveillón – Rolf Modenese Denny


Fonte:
http://quantanoticia.com.br/site/index.php/en/template/cultura/item/3448-cultura-anuncia-vencedores-do-premio-literario-acrisio-de-camargo

Resultado - Prêmio Cidade de Teresina - Contos

1º LUGAR

TÍTULO: A mascarada da Paissandu
AUTOR: Naiana Barbosa Moura Santos


2º LUGAR

TÍTULO: Eu, menino, amava Leonel
AUTOR: Cairo Bruno Souza da Silva


3º LUGAR

TÍTULO: Dia dos namorados
AUTOR: George Silva Rebelo Sampaio


Contos que mereceram destaque:

• O capuz: de Marcus Sabry Azar Batista
• O bode do santo: de Antonio de Pádua Ribeiro dos Santos
• O amor tardio: Graça Targino
• A longa e tortuosa estrada: Victor Ribeiro Lages
• A fada que queria ser gente: de Cláudia Cyléia de Lima
• O virtuose: José Alfredo de Sousa Monteiro
• A graça de Gregório: de Eneas do Rêgo Barros
• Sem nome torna-se Honório no encontro dos rios: de Ferrnando Macêdo Leal
• De passageiro, a porteiro do céu: de Emanuely Silva Costa
• Aquelas palavras: de Ana Maria Quessada
• O chocalho do gado: de Alisson Matheus Soares de Sousa Carvalho
• Um amor em Teresina: de Solange da Luz Rodrigues
• O limoeiro da lagoa: de Marina Carvalho Mello Lima


Fonte:
http://www.fcmc.pi.gov.br/noticia/Concurso-de-Contos-premia-os-vencedores-confira-relacao/772

Resultado - Concurso Literário "Maria Mariá"

Tema: O Labor da Mulher

MODALIDADE TROVA LÍRICA e/ou FILOSÓFICA:
1º. Lugar – Nei Garcez (Curitiba – PR).
2º. Lugar – Darly O. Barros (São Paulo – SP).
3º. Lugar – Pedro Mello (São Paulo – SP).
4º. Lugar – Karla Cristiane Bitencourt (Colombo – PR).
5º. Lugar – Virgínia Soares Liberalesso (Salto – SP).

MODALIDADE POEMA LIVRE:
1º. Lugar – Geraldo Trombin (Americana – SP).
2º. Lugar – Maria Cristina Bonnafé (São Paulo – SP).
3º. Lugar – Amélia Marcionila Raposo da Luz (Pirapetinga – MG).
4º. Lugar – Eliana Ruiz Jimenez (Balneário Camboriú – SC).
5º. Lugar – Leonilda Yvonneti Spina (Londrina – PR).


Fonte:
http://www.academiadeletrasdemaringa.com.br/

Resultado - VI Concurso Literário "Cidade de Maringá"

Tema: Preguiça

MODALIDADE TROVA HUMORÍSTICA:
1º. Lugar – Regiane Bagni Ornellas (Valinhos – SP).
2º. Lugar – Luiz Carlos de Carvalho (Niterói – RJ).
3º. Lugar – Marisa Rodrigues Fontalva (São Paulo – SP).
4º. Lugar – Edmar Japiassú Maia (Nova Friburgo – RJ).
5º. Lugar – Lucília Alzira Trindade Decarli (Bandeirantes – PR).

Tema: Labor

MODALIDADE TROVA LÍRICA e/ou FILOSÓFICA:
1º. Lugar – Wandira Fagundes Queiroz (Curitiba – PR).
2º. Lugar – Maria Helena Oliveira Costa (Ponta Grossa – PR).
3º. Lugar – Olympio da Cruz Simões Coutinho (Belo Horizonte – MG).
4º. Lugar – Pedro Ornellas (São Paulo – SP).
5º. Lugar – Élbea Priscila de Sousa e Silva (Caçapava – SP).
6º. Lugar – Wandira Fagundes Queiroz (Curitiba – PR).
7º. Lugar – Licínio Antônio de Andrade (Juiz de Fora – SP).
8º. Lugar – Antonio de Oliveira (Rio Claro – SP).
9º. Lugar – Relva do Egypto Rezende Silveira (Belo Horizonte – MG).
10º. Lugar – Rodolpho Abbud (Nova Friburgo – RJ).

MODALIDADE SONETO:
1º. Lugar – Edmar Japiassú Maia (Nova Friburgo – RJ).
2º. Lugar – Pedro Mello (São Paulo – SP).
3º. Lugar – Edmar Japiassú Maia (Nova Friburgo – RJ).
4º. Lugar – Sebas Sundfeld (Tambaú – SP).
5º. Lugar – Alba Helena Corrêa (Niterói – RJ).

MODALIDADE CRÔNICA:
1º. Lugar – André Telucazu Kondo (Caraguatatuba – SP).
2º. Lugar – Sebas Sundfeld (Tambaú – SP).
3º. Lugar – Joana D’arc da Veiga (Nova Friburgo – RJ).
4º. Lugar – Vânia Figueiredo (Bauru – SP).
5º. Lugar – Terezinha Ofélia Nascimento Rennó (Itajubá – MG).

MODALIDADE POEMA LIVRE:
1º. Lugar – Rosana Dalle Leme Celidonio (Pindamonhangaba – SP).
2º. Lugar – Geraldo Trombin (Americana – SP).
3º. Lugar – Sebas Sundfeld (Tambaú – SP).
4º. Lugar – Therezinha Tavares (Nova Friburgo – RJ).
5º. Lugar – Antonio Rosalvo R. Accioly (Nova Friburgo – RJ).

*

Concurso paralelo:
Homenagem ao Jubileu de Ouro da COCAMAR Cooperativa Agroindustrial

Tema: Cooperativismo

MODALIDADE TROVA LÍRICA e/ou FILOSÓFICA:
1º. Lugar – Élbea Priscila de Sousa e Silva (Caçapava – SP).
2º. Lugar – Pedro Ornellas (São Paulo – SP).
3º. Lugar – Therezinha Dieguez Brisolla (São Paulo – SP).

MODALIDADE CRÔNICA:
1º. Lugar – Maria Cristina Bonnafé (São Paulo – SP).
2º. Lugar – Andressa Barichello (Curitiba – PR).
3º. Lugar – Renato Benvindo Frata (Paranavaí – PR).

MODALIDADE POEMA LIVRE:
1º. Lugar – Eliana Ruiz Jimenez (Balneário Camboriú – SC).
2º. Lugar – Jacqueline Salgado (Belo Horizonte – MG).
3º. Lugar – Pedro Carlos Tasca (Maringá – PR).


Fonte:
http://www.academiadeletrasdemaringa.com.br/

20 de dezembro de 2012

Resultado - 4º Prêmio Literário Sérgio Farina

CONTOS

1º LUGAR
A mala vermelha
Cristina Duarte (Porto Alegre RS)

2º LUGAR
Aromas
Eni Allgayer (Sapucaia do Sul RS)

3º LUGAR
Xadrez
Ana Cristina Mendes Gomes (São Pedro da Aldeia RJ)


  • Quando tudo está ruim – Tatiana Eiko Ikeda (Curitiba PR)
  • Como se constrói um túmulo – Amado Reksona (São Leopoldo RS)
  • E assim se fez o mar – Tiago André Vargas (Caxias do Sul RS)
  • A tentação – José Ronaldo Siqueira Mendes (Mutum MG)
  • Manequim – Reginaldo Costa de Albuquerque (Campo Grande MS)
  • No colo da história – Marcus Vinicius Quiroga (Rio de Janeiro)
  • Spinosaurus Aegipticus – Alexandra Lopes da Cunha (Porto Alegre RS)
  • Essa sobra de mim – Reginaldo da Luz Pujol Filho (Porto Alegre RS)
  • Papo de louco – Luiza Maria de Lima Horta Barbosa (Brasília DF)
  • O sumiço de Rafaela – Aderbal Farias Saldanha (São Leopoldo RS)



POESIAS

1º LUGAR
Promessas vãs de uma rainha
Leandro Noronha da Fonseca (São Paulo SP)

2º LUGAR
Saudade da dor
Anderson Soares Freixo (Salvador BA)

3º LUGAR
Eu e o mar
Ana Cristina Mendes Gomes (São Pedro da Aldeia RJ)


  • Ode inversa a julian – Rafael Luiz Zen (Brusque SC)
  • Soneto da noite cheia – Pedro Laurentino Reis Pereira (Teresina PI)
  • O espelho – Simone da Silva Pereira (São José dos Pinhais PR)
  • Sitiada – Rodrigo Domit (Rio de Janeiro RJ)
  • Véspera – Marco Aurélio Pinotti Catalão (Campinas SP)
  • O vácuo – Fabio Pereira Gomes (Ramos RJ)
  • Descompasso – Estela Elisabete Reichert (São Leopoldo RS)
  • A Califórnia de Foucault – Anderson de Oliveira Menezes (Salvador BA)
  • A última valsa – Eduardo de Paula Nascimento (Franca SP)
  • Habito o tumultuado trânsito de me tornar quem sou – Marília Silveira (Porto Alegre RS)



CRÔNICAS

1º LUGAR
Dicionário para a vida inteira
Carlos Augusto de Almeida (Três Rios RJ)

2º LUGAR
Brincos
Manoela Franco Prado de Andrade (Feira de Santana BA)

3º LUGAR
Provas
Júnia Paixão Mendes de Castro (Carmo da Mata MG)


  • Veterana – Wellington de Sousa Oliveira (Magé RJ)
  • O parto da gata – João Carlos Marcon (Guarapuava PR)
  • No quartinho de despejo – Regina Nadaes Marques (Rio de Janeiro RJ)
  • (Des)receita de crônica – Tarlei Martins Ferreira (Brasília DF)
  • Carta à civilização – Marcelo Ricioli (São Paulo SP)
  • Congresso individual da culpa – Éder Rodrigues (Pouso Alegre MG)
  • Meu 7 de setembro – José Carlos Barbosa de Aragão (Belo Horizonte MG)
  • A casa da minha infância – Jurema Couto Vasques Hélcias (Santos SP)
  • Evolução – Gladis Berriel (Canoas RS)
  • Cinderela – Sirlei Terezinha da Silva dos Reis (São Leopoldo RS)
  • Neruda – Nilson de Carvalho Lattari (Juiz de Fora MG)



PRATA DA CASA

A centopeia Onomatopeia – Pricilla de Oliveira Henz (São Leopoldo RS)

Resultado - I Concurso de Poesia 20 de Outubro - "Regina de Souza Marques Almeida"

Poesia Vencedora:
O amor e o Português
Autor: Fernanda Rezende Ramos
Uberlândia – Minas Gerais

Menção honrosa:

Os Reis
Autor: Renata Paccola
São Paulo – SP


Alinhavos sem conchavos
Autor: Geraldo Trombim
Americana – SP

Allegro com Polaroid
Autor: Flávio Lanzarini
Rio de Janeiro – RJ

Pintura
Maria de Fátima de Barros Neves
Villenave d’Ornon - França

Da vuvuzela à Beethoven
Autor: Denivaldo Piaia
Campinas – SP

Mãos Negras
Autor: Vânia Aparecida Melo Coelho Oliveira
Ituiutaba – MG

Pernanbuquês
Autor: Camila Pereira dos Santos
Ituiutaba – MG

Arestas
Autor: Márcio Dison
Trindade – SC

O vestido
Autor: Reginaldo Costa de Albuquerque
Campo Grande – MS


Fonte:
E-mail enviado pela ALAMI

18 de dezembro de 2012

Resultado - Seleção para Antologia "Natais Fantásticos" (e-Book)

1. Sinos de Natal - Miguel Carqueija
2. Se Acreditares! - João Manuel da Silva Rogaciano
3. O Natal dos Gêmeos - Priscila Boltão
4. O Natal de Lúcifer - Edweine Loureiro
5. O menino que vê a verdade - Andrea Carvalho
6. O Homem que queria destruir o Natal - Danny Marks
7. Um conto sobre encanto - Edileuza Bezerra de Lima
8. Tomás - Francelise Márcia Rompkovski
9. Desejo Realizado - Reinaldo Yamauchi
10. As Moiras - Ben Green

Canção de Natal - Gian Danton (autor-organizador)


Fonte:
Dica do escritor-leitor Edweine Loureiro
https://www.facebook.com/infinitumlibris

17 de dezembro de 2012

Resultado - Prêmio FEUC de Literatura 2012

NACIONAL

1º LUGAR
Georgia Stella
SERIAL KILLER

2º LUGAR
Allan Santana
GÊNERO: AMOROSO

3º LUGAR
Paulo Franco
INFINITO



ALUNOS DA FEUC


1º LUGAR
Suely Resende Oliveira
REGRESSO A MINAS

2º LUGAR
Robson Rafael de Oliveira Nascimento
REPORTAGEM

3º LUGAR
Paulo Roberto de Ataíde
TPM


Jurados:
1ª ETAPA

Erivelto Reis
Professor (Especialização em Língua Portuguesa), Poeta, Cronista, Autor de 2 livros.

Sonia Abreu
Professora de Ioga, Poetisa, Terapeuta, Autora de 3 livros, Membro do Circuito Literário Conversa com Verso.

Átila Hernandes
Professor de Língua Portuguesa, Poeta, Vencedor do Prêmio FEUC de Literatura 2010, Membro do Circuito Literário Conversa com Verso.

FINAL

Arlene da Fonseca Figueira
Mestre em Língua Portuguesa, Doutora em Estudos Linguísticos.

Hélio Rosa de Araújo
Mestre em Educação, Professor de Língua Portuguesa, Diretor das FIC (Faculdades Integradas Campo-grandenses).

Mauro Ferreira de Oliveira
Licenciatura e Bacharelado em Letras, Especialização em Língua Espanhola e em Literaturas Hispânicas.


Fonte:
E-mail enviado por premio@feuc.br




15 de dezembro de 2012

Resultado - II Concurso Literário da UNILA

Poemas:
Fronteiras - Erick Cavalcante
Xirú - Gilberto Carlos Macedo
Um oculto retrato entre-mundo - David Henrique Nunes de Lima
Un tango a la nostalgia - Valentín Molina
Noche adentro - Blimunda
Sem barreiras? - Anna Fernanda Myszkowsk

Contos:
A relíquia persa - Jorge Dikamba
Conto do Não-Paulo - Mauricio Rodrigo Ferreira
Sintonía - Antonino Zunino
Londrinenses - Barbara Arisi
Retrato - Bruno Eliezer Melo Martins
Margaridas Amarelas - Eugênio Borges

Relatos:
Reminiscências de um desterrado em vias de integração... - Anselmo Peres Alós
O meu primeiro concurso cultural - Cris Dakinis


Fonte:

Dica da escritora-leitora Camila Faria Silva
http://www.unila.edu.br/noticias/ii-concurso-liter%C3%A1rio-0

14 de dezembro de 2012

Resultado - 1° Concurso de Contos de Ituiutaba “Águas do Tijuco”

1º lugar

A Palavra
Pseudônimo: Jaguar
Santiago Vilella Marques
Sinop - MT


Outros selecionados:

A Caruta
Pseudônimo: João Mattos
José Carlos Mendes Brandão
Baurú – SP

Baleia Assassina
Pseudônimo: Houlden Caulfield
Caio Henrique Solla
O escritor não forneceu endereço

Buraco Negro
Psedônimo: Julian James
Lídio José Franco
Umuarama - PR

No leito do frade
Pseudônimo: Mário Rúpulo
Sebastião Aparecido Ferreira
Piracicaba – SP

Olhos azuis e aroma de sabonete
Pseudônimo: Tecenos
Zulamr José Lopes de Vasconcelos
Rio de Janeiro - RJ

Sobre o sangue
Tanussi Cardoso
Não forneceu endereço

Viagra na gaveta
Pseudônimo: Isadora
Maria da Glória de Menezes Vasconcelos Horta
Rio de Janeiro - RJ

Zé Berdegó, vosso criado
Pseudônimo: Bonifácio
José Inácio Coelho Mendes Neto
São Paulo – SP

2D
Pseudônimo: João Pedro
Nana Rodrigues
Curitiba- PR


Fonte:
Dica de Enio Ferreira, presidente da ALAMI

Resultado - XXIII Concurso Nacional de Poesia da ALAP

PREMIADOS:

TROFÉU: “Anoitecendo”, de Anna Maria Avelino Ayres (Poços de Caldas/MG).
OURO: “Impoetante”, de Roque Aloísio Weschenfelder (Santa Rosa/RS).
PRATA: “Vazio” e “Ser Poeta”, de Vilma Maria de Jesus Mendes e “Soneto decassílabo de Porto Seguro”, de Paulo Caruso.
BRONZE: “Sonho de Paz”, de Sonia Maria Sobreira da Silva; “Chove”, de Lucia Perissé; “O vestido”, de Reginaldo Costa de Albuquerque (Campo Grande/MS); “Ultimo tango”, de Terezinha Ofélia Nascimento Rennó (Itajubá/MG); “Carta para Chico Buarque”, de Flavio Machado e “Meus amigos – o melhor..., de Alberto José de Araújo.
MENÇÃO ESPECIAL: “Desejo de Paz”, de Ruth Farah Nacif Luterback; “Amor Cigano”, de Josafá Sobreira da Silva; “Tudo passa”, de Fátima Parente; “Máscaras”, de Luiz Gondim e “Encanto da vida”, de Abílio Kac.
MENÇÃO HONROSA: “Poeta do povo”, de António dos Santos Boavida Pinheiro (Lagos/Portugal) e “Adeus”, de Edileuza Bezerra de Lima Longo (Perdizes/SP).

JUVENIL:
OURO: “Cantos e encantos de um maranhense”, de Mayara da Silva Jorge; “Na terra dos Homens”, de Amanda Cristina; “O verde do meu viver”, de Jaqueline Maria Ribeiro; “A noite é silenciosa”, de Douglas Campos Cunha; “ Sonho ou realidade”, de Ivan de Souza Esteves.
PRATA: “Sem rumo”, de Amanda Alves Macedo.
BRONZE: “Levaram a minha vida”, de Geovane Alves dos Reis; “Minha ex-vida”, de Maiara Gonçalves de Oliveira; “Embora”, de Tatiane Paulo de Oliveira; “O tudo e o nada”, de Isabela da Silva Nascimento; “O dia cinza”, de Pamela Portilho de Sousa e “Um tempo”, de Camila Branco de Souza.
MENÇÃO ESPECIAL: “Meu...”, de Thaynara Lima Fita; “Sinto(muito), de Diana Paim de Oliveira e “Caminho Novo”, de Jéssica Ribeiro dos Reis.
MENÇÃO HONROSA: “Eu sou”, de Suelen Cristina; “Solidão e amor”, de Lauany Rodrigues Ribeiro da Silva e “Agonia”, de Andriele Vieira Ferreira.

INFANTIL:
OURO: “Somente achados”, de Fernanda Kac Szmajser.
PRATA: “Escadaria de poema”, de Olavo José Chicareli Almeida(Fervedouro/MG).
BRONZE: “A morte de um amigo”, de Jean Benevides Hiath e “Meu Pai”, de Thais Quintieri Correa.


Fonte:
Enviado por e-mail pela organização

13 de dezembro de 2012

Votação online do Concurso Estrada Real

Está aberta a votação para decidir os vencedores do Concurso Estrada Real de fotos, vídeos e poesias.

Para conhecer as obras finalistas e escolher seus favoritos, acesse:
http://www.concursoestradareal.com.br/


Dica da escritora e leitora Camila Faria Silva

FBN divulga resultado dos editais das Bolsas de Criação e Circulação Literária BN/Funarte

A Fundação Biblioteca Nacional divulgou nesta quarta-feira, dia 12/12, a lista dos projetos aprovados nos editais das Bolsas de Criação e Circulação Literária BN/Funarte.

Os recursos devem ser encaminhados até a próxima sexta-feira, dia 14 de dezembro, nos respectivos formulários de recurso (disponibilizados abaixo) para os endereços bolsacriacaoliteraria@bn.br ou bolsacirculacaoliteraria@bn.br, dependendo do edital.

Os autores dos projetos selecionados têm 10 dias corridos, após a publicação do resultado dos recursos, para enviar a documentação detalhada no item 11 dos editais.


Acesse aqui a lista de projetos selecionados no edital das Bolsas de Criação Literária.

Acesse aqui a lista de projetos selecionados no edital das Bolsas de Circulação Literária.


Dúvidas devem ser encaminhadas aos endereços de e-mail bolsacriacaoliteraria@bn.br ou bolsacirculacaoliteraria@bn.br, ou através do telefone (21) 2220-3040, ramal 2216.


Fonte:

11 de dezembro de 2012

Prêmio Biblioteca Nacional de Literatura 2012 divulga lista de obras habilitadas e inabilitadas

A Fundação Biblioteca Nacional divulgou nesta segunda-feira, dia 10/12, a lista dos projetos habilitados e inabilitados no Prêmio Biblioteca Nacional de Literatura 2012, cujo objetivo é premiar autores, tradutores e projetistas gráficos em reconhecimento à qualidade intelectual e estética de suas obras, publicadas no período de 1º de setembro de 2011 a 31 de agosto de 2012, no Brasil.

O Prêmio BN está divididos nas seguintes categorias:
  • Prêmio Alphonsus de Guimaraens, de Poesia;
  • Prêmio Machado de Assis, de Romance;
  • Prêmio Clarice Lispector, de Conto;
  • Prêmio Sérgio Buarque de Holanda, de Ensaio;
  • Prêmio Paulo Rónai, de Tradução;
  • Prêmio Aloísio Magalhães, de Projeto Gráfico;
  • Prêmio Sylvia Orthof, de Literatura Infantil;
  • Prêmio Glória Pondé, de Literatura Juvenil.

Os Prêmios, intitulados em homenagem a intelectuais destacados na cultura brasileira, contemplam as obras, em primeira edição, publicados no período de 1º de setembro de 2011 e 31 de agosto de 2012, que estejam em dia com a Lei do Depósito Legal (Lei n.10.994, de 14 de dezembro de 2004) e que possuam número de ISBN (International Standard Book Number).


Veja aqui a lista de projetos habilitados e inabilitados.

Baixe aqui o formulário para recurso.

Veja aqui o edital.

Em caso de dúvidas, as mesmas deverão ser encaminhadas ao endereço de e-mail: economiadolivro@bn.br, ou através do telefone (21) 2220-3040, ramal 2216.

4 de dezembro de 2012

Resultado - Concurso Cesgranrio Novos Talentos da Poesia

ALDILON LUIZ RANGEL MONTEIRO - VIDA
ANA CAROLINE SCHUENCK DOS SANTOS - METALINGUAGEM
ANA PAULA NOVAES DE MACEDO - COMIDA SEM VIDA
ANNA CRISTINA RODRIGUES DE OLIVEIRA RAMOS - AMIGO
BIANCA CRISTINA ATHAYDE SILVA - ESQUECERAM...
BRYAN TRANNIN BAYNE - O MAPA
CATIA GAMA MERENCIO - HUMANIDADE
DANIELE MACHADO DE OLIVEIRA - MINHO
DIEGO BLANCO DE AMORIM - O BREU
EDUARDO DA SILVEIRA CAMPOS - ENTRE
ELIS DE AGUIAR BONDIM RIBEIRO DE OLIVEIRA - LINDO É O QUE EU ACHO DE NÓS
FABRÍCIO DA SILVA DE OLIVEIRA - O GRANDE PRÊMIO DA ARARA AZUL
FELIPE KAMINSKI SANZ - LIBERTADOR
FILIPE PAMPLONA NASCIMENTO GOLÇALVES - RONDÓ DAS ESTRELAS
FLÁVIO RENATO MORGADO FERREIRA DA SILVA - AFEIÇÃO POR VAN GOGH
GABRIELA REIS SOARES REBELO TOURINHO - ESPERO
GUILHERME GONÇALVES DE BRITO - AMOR DE PSEUDO-POETA
ISAQUE CIPRIANO TORRES DOS SANTOS - CRIANÇAS ABANDONADAS
JESSICA CARNEIRO NOGUEIRA DE SÁ - OBJETO
JOÃO MARCOS GASPARIAN CANTANHEDE - PREZADO FUTURO
JOSE RAFAEL ALVES MACHADO RANGEL DE CASTRO - MADRUGADA
JULIA ABRANCHES ANGARDI - NOS VASTOS CAMPOS
JULIA MEDINA VELLOSO DE OLIVEIRA - RIO DE CONTRADIÇÃO
LARISSA ARAUJO VICENTINI - A NÁUSEA
LARISSA SOUZA DE MOURA - ESCRAVA DAS SOMBRAS
LUANA DE CARVALHO OFUGI RODRIGUES - ESCAPE
LUCAS BOTELHO DE MOURA - DESESPERANÇAS
LUCAS NOLETO RIQUE REIS - ORAÇÃO
LUCIANO ROSSE LOUREIRO - RESSURREIÇÃO
LUIS PHILIPPE RAMOS DE ARAUJO SILVA - A ARTE DA ESCRITA
MARIANNA FIRME DE OLIVEIRA - O QUE SENTIMOS
MARIO MARCIO FELIX FREITAS FILHO - A FOLHA, O POETA E O REAL
MATHEUS LUCAS DE ARRUDA CAMARA - UM PAÍS HISTÓRICO
NATÁLIA MOURÃO RUFINO - ISMOS
NATASHA MORAES FERREIRA SIERRA - SOBRE AQUELA SENSAÇÃO DE COISA QUE APERTA ENTRE A BOCA E O PEITO
OLMIRA DANIELA SCHAUN DA CUNHA - SONHO
PAULO ROBERTO SANTOS DA SILVA - BRASIL AFETIVO
PEDRO FABIANO ALVES CUNHA - ESTRELA DA MANHÃ
PEDRO LONTRA COSTA DE FIGUEIREDO - O PESO DAS PEGADAS
PRISCILA VIANA ALVES - HOJE EU DURMO NA RUA
RAFAEL DA SILVA MENDES - TRANSPARÊNCIA OPACA
RAFAELA GOMES FIGUEIREDO - EXTRA, EXTRA!
RAPHAEL GERPE BORGES LIMA - DIA DE CHUVA
RAPHAEL LINHARES DE ALCÂNTARA - CHEIRO DE POESIA
RAQUEL DOS SANTOS MACHADO - O TEMPO
RAQUEL MOREIRA MACHADO - PALAVRAS
RUBERVAL JOSE DA SILVA - UM CASAL IDEAL
TATIANA CRISTINA COSTA DE AGUIAR MENDES - VIDA
THIAGO DINIZ GONÇALVES PEREIRA - TENTATIVA
VICTOR GRIMONI ALFARELLA - CARTA DE SOBREVIDA
VINICIUS GONÇALVES DA SILVA - A GOTA D’ÁGUA
WELTON ADILSON PASSOS - MINHA MANGUEIRA
YASMIN MALAFAIA HERZOG FERRO - COMO VEJA O MUNDO?
YURI REIS SANTOS PINTO CORREA - CIRCO


Comissão Julgadora

Primeira fase
Maria de Lourdes Freire – Fundação Cesgranrio
Terezinha Saraiva – Fundação Cesgranrio
Thereza Penna Firme – Fundação Cesgranrio

Fase final
Arnaldo Niskier – Academia Brasileira de Letras
Ivan Junqueira – Academia Brasileira de Letras
Colaboração
Heloisa Rego de Oliveira – Fundação Cesgranrio
Rosa Maria Torte da Cunha – Fundação Cesgranrio


Fonte:
Dica do escritor-leitor Victor Pereira
http://cultural.cesgranrio.org.br/concurso-cesgranrio-novos-talentos-da-poesia-2.html

3 de dezembro de 2012

06.12.2012 - Seleção para Antologia "Natais Fantásticos" (e-Book)

Informações:
a) Seleção de Contos
b) Inscrição pela Internet
c) Tema: Natais fantásticos

Prazo: 06 de Dezembro de 2012


Fonte:
http://www.editoraoraculo.com.br/nataisfant.html


Organização:
Editora Oráculo

Contato e Dúvidas:
contato@editoraoraculo.com.br
http://facebook.com/editoraoraculo


Regulamento:
A PROPOSTA

Um homem avarento é visitado por três fantasmas que o fazem rever sua vida...
É certo que todo mundo já ouviu falar dessa história.
Mas você já parou pra pensar que as histórias natalinas estão intimamente ligadas ao fantástico?
Até mesmo o Papai Noel é uma figura de fantasia!
Mergulhe de vez nessa tradição, e venha participar da Natais Fantásticos, uma antologia que resgata esse aspecto de fantasia das histórias natalinas, e a magia única dessa época do ano.
Valem contos ambientados nos mais diversos cenários: da Inglaterra vitoriana a planetas distantes. O importante é que tenham esses dois elementos principais - e que de tão importantes, compõem o título deste projeto.

O REGULAMENTO

DAS INSCRIÇÕES

a) Poderão se inscrever autores de qualquer estado ou país, desde que os textos sejam
enviados em língua portuguesa.
b) Menores de idade podem se inscrever desde que posteriormente enviem os números dos documentos dos pais ou responsáveis (caso o texto seja selecionado).
c) As inscrições, assim como a participação em caso de aprovação dos textos, são gratuitas.
d) Só serão aceitas inscrições através do envio correto e completo do material, ou seja:
- Corpo do email: Dados pessoais:
Nome:
Endereço:
E-mail:
Telefone(s) (opcional):
Blog/site/perfil em redes sociais (opcional):
- Anexo: Conto completo em formato .DOC, .DOCX ou .RTF, com o nome do autor, seja no título do documento ou dentro deste:
e) Os textos deverão ser enviados de 06 de novembro a 06 de dezembro de 2012, ficando automaticamente desclassificado qualquer envio antes ou depois deste período.
f) Os textos deverão ser enviados, obrigatoriamente, para ambos os emails: profivancarlo@gmail.com e ademir@cranik.com.
g) No período de até 3 (três) dias depois da submissão do material, o autor receberá um e-mail de confirmação do recebimento do seu texto. Porém esta confirmação não garante a participação na antologia.

DAS REGRAS PARA O TEXTO

a) Os textos deverão, obrigatoriamente, seguir o tema proposto pela apresentação da antologia que se encontra em nosso site (www.editoraoraculo.com.br).
b) Os textos deverão ter no máximo 12.000 caracteres (contando espaços) e um mínimo de 8.000 caracteres (contando espaços). Textos abaixo ou acima desse limite serão eliminados automaticamente.
d) Não serão aceitos textos já publicados em qualquer suporte.
e) Será aceito o envio de apenas um conto por autor. Caso o autor envie inadvertidamente mais de um, será considerado apenas o que foi enviado primeiro, sem qualquer possibilidade de troca. Caso seja enviado mais de um arquivo no mesmo email, ambos serão desclassificados.
f ) Os textos deverão ser enviados em formato .DOC ou .DOCX, fonte ARIAL 12 ou TIMES 12, espaçamento 1,5.

DA SELEÇÃO

a) Os textos serão selecionados pelo(s) organizador(es) da antologia. Eventualmente poderão ser feitas avaliações por parte de leitores beta/revisores, posteriormente identificados.
b) Não será dado nenhum parecer sobre os textos que não forem selecionados. Apenas
observações sobre não cumprimento das regras poderão (não sendo obrigatório) ser comunicadas aos autores.
c) Não contarão pontos a favor, nem contra, publicações anteriores ou bagagens literárias de qualquer natureza, por parte dos autores. O objetivo da antologia é reunir escritores com textos de qualidade, não importando que sejam iniciantes ou que possuam experiência. Será analisado apenas o texto enviado e não o currículo do participante.
d) Serão selecionados 10 (dez) textos.

DO RESULTADO

a) O resultado da seleção será divulgado a partir do dia 20 de dezembro de 2012, através do site da Editora Oráculo, e seus perfis de Twitter e Facebook. Os autores selecionados também receberão e-mails informando sobre a sua aceitação na antologia, após a divulgação na internet.
b) Autores não selecionados não receberão e-mails sobre o resultado.
c) Caso haja insuficiência de dados de um autor, para confecção dos contratos de publicação, desistência de participação ou comprovação de não ineditismo da obra enviada, mesmo depois da divulgação do resultado, poderá haver troca de nomes na lista de selecionados.

DOS VALORES, DIREITOS AUTORAIS E FORMA DE PUBLICAÇÃO

a) Esta é uma antologia em formato ebook gratuito, a fim de incentivar nossos autores e divulgar a literatura brasileira de qualidade.

b) O autor não pagará nenhuma taxa para participar da antologia.
c) Esta antologia será disponibilizada para download no site oficial da editora (www.editoraoraculo.com.br), portanto não serão distribuidos Direitos Autorais ou cobrado algum valor de autores ou leitores.

DA DIVULGAÇÃO

a) A editora e o(s) organizador(es) poderão e deverão utilizar os nomes dos autores
convidados e selecionados para divulgar a obra, antes e depois de seu lançamento
b) Poderão ser solicitadas fotos e declarações dos autores (não sendo obrigatório) para que possamos produzir material de divulgação e/ou matérias e entrevistas em blogs e sites especializados.
c) Os autores selecionados poderão ajudar na divulgação, bastando para isso, coletar o material apropriado no site da antologia.

Quaisquer dúvidas a respeito do regulamento ou de outras questões ligadas a esta antologia, entrem em contato pelo e-mail contato@editoraoraculo.com.br ou através de nosso perfil no Facebook http://facebook.com/editoraoraculo.

Resultado - Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura

A Secretaria de Estado de Cultura, por meio da Superintendência do Suplemento Literário, divulgou, o resultado do processo de seleção do Prêmio Governo Minas Gerais de Literatura, que tem o propósito de incentivar a produção literária mineira e brasileira.

Na categoria ‘Ficção’, que contemplou o gênero de contos, o vencedor foi Francisco Maciel, com 'Não adianta morrer';

Em ‘Poesia’, Otto Leopoldo Winck, com a obra 'Desacordes', foi o ganhador;

O ‘Jovem Escritor Mineiro’ desse ano foi Alex Sens Fuziy com 'O frágil toque dos mutilados'.

O escritor José Rui Guimarães Mourão foi o escolhido na categoria ‘Conjunto da Obra’.


A Comissão que analisou e julgou as propostas de obras literárias foi composta por: Ângelo Oswaldo de Araújo Santos, Amilcar Vianna Martins Filho e Ivan Ângelo para a categoria ‘Conjunto da Obra’; Antônio Cezar Drumond Amorim, José Eduardo Silva Gonçalves e Júlio César de Assis avaliaram ‘Ficção (Conto)’; Antonio Libério Neves, Fabrício Marques de Oliveira e Murilo Marcondes de Moura julgaram a ‘Poesia’ e Carlos Herculano de Oliveira Lopes, Márcia Angelita Tiburi e Noemi Jaffe Cartum analisaram o ‘Jovem Escritor Mineiro’.


O escritor Rui Mourão

Nascido na cidade de Bambuí, localizada no Oeste de Minas Gerais, em 18 de novembro de 1929, o escritor José Rui Guimarães Mourão, escolhido para receber o Prêmio na categoria ‘Conjunto da Obra’, dirige há mais de 30 anos um importante espaço cultural do país: o Museu da Inconfidência, em Ouro Preto.

Rui escreve ensaios e romances e imprime em suas obras valores de preservação da memória de Minas e do Brasil. Em sua carreira de notável dedicação às letras, pode-se destacar: a fundação da revista ‘Tendência’, em 1957, junto com Affonso Ávila e Fábio Lucas; a atuação no Suplemento Literário de Minas Gerais como editor; o lançamento da revista ‘Vocação’; além de diversas premiações e medalhas - como a Medalha Rodrigo Mello Franco de Andrade - que serviram para legitimar a sua contribuição cultural para o país.

Nomes como o já citado Affonso Ávila (2011), Silviano Santiago (2010), Luís Fernando Veríssimo (2009), Sérgio Sant`Anna (2008) e Antonio Candido (2007) também já venceram o ‘Conjunto da Obra’, categoria essa que foi a razão de existir do prêmio, em 2007. Apenas no ano de 2008 as outras modalidades integraram o edital.


Sobre o Prêmio

O Prêmio Governo Minas Gerais de Literatura foi lançado em dezembro de 2007 e desde então é realizado anualmente, com o objetivo de promover e divulgar a literatura brasileira, reconhecendo grandes nomes nacionais e abrindo espaço para os jovens escritores mineiros. O prêmio é dividido em quatro categorias: I - Conjunto da Obra (homenagem a um escritor brasileiro em atividade), II - Poesia, III - Ficção e IV - Jovem Escritor Mineiro. Nas categorias Poesia e Ficção, o Prêmio é aberto a escritores iniciantes e/ou profissionais, maiores de 18 anos, nascidos e residentes em território nacional. Já a categoria Jovem Escritor Mineiro é restrita a pessoas com idade entre 18 e 25 anos, nascidas em Minas Gerais ou residentes no Estado há pelo menos cinco anos.

Em todas as categorias, as obras não podem ter sido publicadas anteriormente, seja de forma impressa ou virtual.

Nessas cinco edições, o Prêmio já recebeu mais de quatro mil inscrições, vindas de todo o Brasil, em especial de Minas, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Bahia e Distrito Federal.


Fonte:
Dica da escritora-leitora Camila de Faria Silva
http://www.cultura.mg.gov.br/component/content/article/205/1334

Prêmio Mérito Cultural 2012 - "Edgar Franco"

A Academia de Letras, Artes e Música de Ituiutaba e a Fundação Cultural de Ituiutaba, como parte da solenidade de entrega do Prêmio Mérito Cultural 2012, concederão a este blog o Troféu de “O BLOG DO ANO” em reconhecimento ao valioso serviço sócio-cultural prestado à literatura.

É mais um reconhecimento a este projeto que é simples, baseado no compartilhamento de informações, mas que exige muita dedicação de toda a equipe!

Agradecemos a Enio Eustáquio Ferreira, presidente da ALAMI, Francisco Roberto Rangel, diretor-presidente da F.C.I, Ângela Vilela Marquez de Sá, secretária da ALAMI e a Adelaide Pajuaba Nehme, diretora de premiação da ALAMI.


* A biografia de Dr. Edgar Franco pode ser encontrada aqui:

Editais da Fundação Biblioteca Nacional


Eis aqui uma boa indicação de página para manter entre os favoritos do seu navegador:


Nesta página são listados os editais da fundação Biblioteca Nacional para publicações, bibliotecas, concursos, etc.

Entre os que estão abertos, destacamos o edital para apoio à publicação de autores brasileiros na comunidade dos países de língua portuguesa, que se encontra disponível no seguinte endereço:
http://www.bn.br/cil/programacplp/

1 de dezembro de 2012

Depoimento: Jurado "C" explica nota zero dada no Jabuti

Todo ano a maior polêmica da literatura nacional está relacionada ao prêmio Jabuti. Por ser um dos prêmios literários mais tradicionais do país, tendo chegado a sua 54ª edição em 2012, publicamos aqui depoimento de Rodrigo Gurgel, o jurado C, para a Folha de São Paulo:


RODRIGO GURGEL
ESPECIAL PARA A FOLHA

Fonte:

A polêmica criada em torno de minhas notas no Prêmio Jabuti deste ano surge de um fato simples: as opiniões nascem de ânimos exaltados -e não da leitura fria e imparcial dos romances.

Notas dadas por jurado do Jabuti garantiram vitória a novato

"Nihonjin", de Oscar Nakasato, que mereceu nota dez, é narrativa voltada à imigração japonesa no Brasil, sem a pretensão de recuperar o tema com minúcias históricas, mas preferindo transformar dramas individuais ou familiares em sínteses dos conflitos humanos.

O narrador nos leva do que ele diz ser real ao que afirma ser sonho -e, no entanto, confiamos nele; passamos a ver seu sonho como verdade. Isso se deve à forma sutil com que articula e contextualiza diferentes pontos de vista, quebras de continuidade e distintos eixos de tempo.

Em sua busca pelos vestígios da memória, o Japão passa de um esboço desenhado na terra batida, metáfora do que restou aos imigrantes, à certeza, duramente construída, de que jamais se deve beber do Lete, o rio do esquecimento.

Assim, injustiças, inadaptações e preconceitos irrompem de forma aberta ou por meio de inocentes referências, mas sem descair em panfletarismo.

Merecem atenção as personagens femininas: a frágil Kimie, cuja morte desabrocha no transcorrer do Capítulo 1, gradativamente transformado numa elegia. Ou Sumie, mãe ensombrecida. E Shizue, submetida pela tradição, mas capaz de revelar inusitada sabedoria.

O livro encontra sua síntese na afirmação, próxima de uma sentença zen, de que "as palavras não foram inventadas para serem desperdiçadas". Lição que Nakasato mostrou conhecer.


ANA MARIA MACHADO

Tais faces da persuasão inexistem no romance "Infâmia", de Ana Maria Machado, no qual cansativas referências -literárias, históricas e bíblicas- surgem não para dar sustentação à trama, mas para referendar teses que se espraiam pelo romance: há uma desprezível "marca brasileira de fazer política"; a mídia age de maneira irresponsável ao denunciar casos de corrupção; o desprezo pela verdade permeia tudo.

Teses que devem ser comprovadas a qualquer preço, ainda que isso signifique tornar o enredo esquemático. Faltam dúvidas às personagens, que emitem julgamentos repetitivos, numa evidente pretensão moralizadora.

E quando percebemos que as possíveis oposições surgem de forma débil e impessoal, então a narrativa se esfacela num didatismo escancarado, nos comportamentos sempre politicamente corretos e no discurso indireto livre que não consegue dar invisibilidade à autora.


NOTA ZERO

Derrotado pelos estereótipos, o romance tem cenas inverossímeis, como a de Agenor afundando-se dias seguidos no lixo da repartição, só para garantir uma coleta seletiva perfeita.

E o tema mais importante, o sentimento de culpa do embaixador Vilhena por não ter compreendido sua filha, transforma-se numa questão secundária.

Ao desprezar a narração de uma história e preferir comprovar suas teses, a autora produziu um romance proselitista. Livro que só poderia merecer nota zero.


RODRIGO GURGEL, o jurado "C" do prêmio Jabuti, é crítico literário, autor do livro "Muita Retórica - Pouca Literatura (de Alencar a Graça Aranha)", publicado pela editora Vide Editorial.