Resultado - 2ª etapa do Prêmio TOC140 - Fliporto 2011

2ª. ETAPA

RESULTADO

SELEÇÃO DE INSCRIÇÕES ATÉ 10 DE
OUTUBRO DE 2011 – 50 PARA A ANTOLOGIA E, DENTRE
ELES, 5 PARA A VOTAÇÃO ON LINE QUE DEFINIRÁ OS VENCEDORES

OS 5 FINALISTAS DA SEGUNDA ETAPA

@GerusaLeal O outono cintila em prata nos cabelos dela / No sorriso largo e na blusa florida / ainda passeia descuidada a
primavera.#TOC – Gerusa Barbosa Leal. Olinda, PE

@juauqxz Homologia// Não à toa/ o movimento de abrir janelas,/ abrir asas/ e abrir livros é o mesmo:/ é o movimento da liberdade. #TOC – João Paulo Silva Mammana. Sumaré, SP

@marcos1moura GOYA TRAGOU MEU SONO// Éluard eternizou-se em minhas pálpebras/ Matisse sarou as feridas/ E até hoje vangogueio/ Pelos campos da cana #TOC – Marcos Roberto Moraes de Moura. Recife, PE.

@Sempoesianaoda OLHOS DE LIZ TAYLOR-Tão fácil antes/falar deles:/céus acesos na tela./Difícil é agora/que se apagaram/como safiras engolidas por lobos # TOC – Sérgio Bernardo. Nova Friburgo, RJ

@simonebrichta Ex-impressionismo// No lago do cisne/ a bailarina de Degas/ ouviu o grito de Munch. #TOC – Simone de Fátima Brichta. Fortaleza, CE

SEGUNDA ETAPA
OS CINQUENTA POEMAS SELECIONADOS PARA A ANTOLOGIA
(Inclui os 5 finalistas)

@_fergath O mal do poeta é/ o amor não realizado/ ou achas que eu trocaria/ uma noite de amor tranquila/ por 19 poemas desajustados? #TOC – Fernanda Burgath. Ponta Grossa, PR
@ABRevoredo ELEFANTE// A tromba, que engraçada/ mais parece o outro lado/ é como se fosse uma peça/ que Deus colocou errado. #TOC – Alexandre de Barros Revoredo. Garanhuns, PE
@anapeluso UMA FOLHA // fina assim / de papel, rasgo de azeviche / de cílio / de ontem / de pele, de espelho / aroma, de vento / de toque / você. #TOC – Ana Peluso. São Paulo, SP
@andrefoltran Reconciliação // naquela tarde, / sem nem ter reparado, / ela devolveu a lua / ao céu de onde tinha roubado. #TOC – André Felipe Soares Foltran. São José do Rio Preto, São Paulo
@avdemorais INSPIRAÇÃO//No silêncio da palavra/nasceu minha poesia/Naquele breve instante/entre ouvir e calar./E a mão, atenta/escreveu o verso.#TOC – Amélia Veloso de Morais. Olinda, Pernambuco.
@BetoQuelhas CONVIR// foi com flores que te esperei passar/ esperaria o resto de minha existência/ não fossem as flores/ que estavam em minhas mãos #TOC – Roberto Mendonça Quelhas. São Paulo, SP
@cerquize MUDANÇA// Na menor distância entre a intenção e o gesto/ Entre o extremo e o centro/ O mundo muda por fora/ Se nós mudarmos por dentro #TOC – Felipe Cerquize. Rio de Janeiro, RJ
@CesarDosAnjos7 MENINO NO MATO// eu queria que meus pés / cansados / cantassem as alegrias / de caminhar na terra. #TOC – Sandro Caetano de Sá. Olinda, PE
@crisdakinis AOS DISTRAÍDOS!// Só os incautos ouvem a poesia do dia./ Distraídos que estão,/ do seu diário ganha-pão. #TOC – Ana Cristina Mendes Gomes, São Pedro da Aldeia, RJ
@DanielaGaldino3 PARALELISMO // na retomada do tempo / deram-me um corpo / feito mote / e eu glosei. #TOC– Daniela Galdino Nascimeno. Itabuna, Bahia.
@Dayvsonfabiano SUSTENIDO SILÊNCIO // Docemente reluzi a minha face / solidificando lágrimas / no silêncio / que te doei. #TOC – Dayvson Fabiano Oliveira de Lacerda. Recife, PE
@diosouza Insônia// Quando dormi tinha um grande rebanho/ Acordei e não o tinha mais./ Pastor inteligente é aquele que não dorme! #TOC – Diógenes Souza Freitas. Caruaru, PE
@edusleverve Entre a voz e a poesia, induzido à estesia, o abismo pede a ponte dos teus versos. #TOC – Carlos Eduardo Sales de Souza. Paulista, Pernambuco.
@Edweine IRAQUE// Massacre./ E, numa guerra que engana,/ caixões de madeira/ compõem as fileiras/ da parada Americana. #TOC – Edweine Loureiro da Silva. Saitama, Japão.
@erikapoetisa INFINITOS//No caminho sem caminho/ caminho/se eu chegar em algum infinito de mim/ que seja encontro.#TOC – Érika Renata Alves Santos. Garanhuns, PE
@GarotaNatu MINHA PALAVRA NÃO DIZ NADA, MEU CORAÇÃO FALA, MAS O SILENCIO FICA. #TOC – Cheyenne Fernandes Silva. Jaboatão, PE
@GerusaLeal O outono cintila em prata nos cabelos dela / No sorriso largo e na blusa florida / ainda passeia descuidada a primavera.#TOC – Gerusa Barbosa Leal. Olinda, PE
@Hellyas ÍNTIMO//Os silêncios me calam/para eu ouvir/o que só eu posso gritar/ao longo do caminho/porque silêncio é estrada/e não resposta… #TOC – Elias Araujo. Américo Brasiliense, São Paulo.
@ivaize DEPRE: // Inverno. Meus olhos / na TV mastigam cores./ Tela além, o sol. #TOC – Ivaíze Rodrigues. Belém, PA
@japafour TATUAGEM // Arrancou a pele / com o nome dele / Em vão / O nome já estava marcado / no coração. #TOC – André Telucazu Kondo. Caraguatatuba, SP
@jardsonwtj noite-dia noite-dia noite-dianoite-dia noite-dia noite-dia noite-dia / O corpo cansado no meio/ E a rotina pulsando como um coração #TOC – Jardson Fragoso Carvalho. Itabuna, Bahia.
@joseruypc UTOPIA// Desisto. / Não sei dançar: / essa é a realidade; / mas diante da canção / inaudível / da possibilidade, / bailo dentro de mim. #TOC – José Ruy Pimentel de Castro. Vitória, ES
@juauqxz Homologia// Não à toa/ o movimento de abrir janelas,/ abrir asas/ e abrir livros é o mesmo:/ é o movimento da liberdade. #TOC – João Paulo Silva Mammana. Sumaré, SP
@lanacaram AULA DE MATEMÁTICA// Vejo crianças/ a contar os dedos/ de olhos tristes/ sem contar os sonhos. # TOC – Elana Simone Schiavo. Jaú, São Paulo
@lander1107 IGNORÂNCIA CONSCIENTE// Sou uma alegre mosca / aprisionada num frasco translúcido / consigo ver o mundo / mas não faço parte dele. #TOC – Herlander Mauro Carvalho. Santo Antônio dos Cavaleiros, Portugal.
@Leandroderecife O passaro//Deitado no ninho/Asa desativada/O pensamento voa.#TOC – Severino Leandro da Silva. Recife, PE.
@LoMartoni O EQUILIBRISTA//Controla o meio termo da insanidade/ onde jaz a virtude/ intocável/ sublime/ insustentável/do amor.#TOC – Lorena Martoni de Freitas. Belo Horizonte, MG
@LucasCMendes PUREZA// Se a realidade está no ar / Fico em asfixia / Não tive oportunidade de ser real / Vivo por poesia. #TOC – Lucas Mendes. Araguaína, TO
@manedocafe CASSIANO//Que moeda é aquela/Que tanto brilha/No bolso do mendigo/E o faz tão rei?/É um poema bem sei!#TOC – Jorge Carlos Amaral de Oliveira. Rio de Janeiro, RJ
@marciaslmaia travessura//a lua/na poça da rua/finge-se estrela do mar/#TOC – Márcia de Souza Leão Maia. Recife, PE.
@marcos1moura GOYA TRAGOU MEU SONO// Éluard eternizou-se em minhas pálpebras/ Matisse sarou as feridas/ E até hoje vangogueio/ Pelos campos da cana #TOC – Marcos Roberto Moraes de Moura. Recife, PE.
@MarcosAlvesLope Psicografia viva!// Escrever é psicografar a alma!/ Com leves pinceladas de espiritualidade,/sem perder a tinta do dia-a-dia#TOC – Marcos Alves Lopes. Goiânia, Goiás.
@marcosmc20 CAUTELA // Acabei de descobrir que / o verdadeiro amor não existe. // Vim direto pra cá, prevenir vocês. #TOC – Marcos M. Casadore. Assis, SP
@marlenegil BUSCA//Quanto mais se procura o sentido da vida/ mas nos distanciamos da verdadeira emoção/ Viver é simplesmente não saber a questão. #TOC – Marlene Pereira Gil Filha. Itararé, SP.
@moacirmorran Trova Mundana// O mundo busca a paz/ pisando no sangue inocente/ O mundo quer cheirar a flor/ Mas não quer plantar a semente! #TOC – Moacir Ribeiro da Silva. Fortaleza, CE.
@oeduardosol Disseram: acabou. Mentiram. Dissemos: não havia nada. Negaram. Só não dissemos que entre o espanto e o encanto há a estrada. #TOC – Eduardo Alexandre da Silva Costa. Recife, PE
@paraquenomes Minhas chaves nunca abriram as portas corretas,/ mas não me furto de pular janelas. #TOC – André Salviano. Laranjeiras, RJ
@paulodtoledo entrementes / a serpente / mordaz / desmente / o que / falaz / sibila / entredentes #TOC – Paulo César de Toledo. Santos, SP.
@poesiamovel TRANSE// Indeciso, desci ao inferno / Infiel, enfiei-me pela fenda / E sob a chuva da calenda / Emergi do meu caderno. #TOC – Alex Sandro da Silva. Belo Horizonte, MG
@rogeriogcoelho TEMPO//Enquanto eu comia um pastel, na Rua dos Estudantes,/Meus amigos casaram e tiveram filhos./Pedi pastel de vento, veio de tempo. #TOC – Rogério Gaspari Coelho. Perdizes, SP
@sem_acaso OFÍCIO// Sem métrica nem rimas/ esqueci as redondilhas/ na vida e na poesia. #TOC – Deanna Laíse Ribeiro Cavalcanti e Silva. Olinda, PE
@Sempoesianaoda OLHOS DE LIZ TAYLOR-Tão fácil antes/falar deles:/céus acesos na tela./Difícil é agora/que se apagaram/como safiras engolidas por lobos # TOC – Sérgio Bernardo. Nova Friburgo, RJ
@serod_PE A MENINA E O PÁSSARO// A menina fala que o pássaro vua. /Alguém corrige: – Voa! / Ah, deixa a menina vuar! #TOC – Severino Rodrigues da Silva. Paulista, PE
@simonebrichta Ex-impressionismo// No lago do cisne/ a bailarina de Degas/ ouviu o grito de Munch. #TOC – Simone de Fátima Brichta. Fortaleza, CE
@tallesazigon MURO. Ao invés de óculos escuros / O teu olhar usava um muro/ e ele me anoiteceu #TOC – Jose Talles da Silva Soares. Fortaleza, CE
@tatianadruck REFLEXÃO// Foto é um pedaço de realidade./ Se a vida não pára num clique automático/ por que registrá-la como eterna verdade?TOC – Tatiana Oliveira Druck. Porto Alegre, RS
@thaynadouglas PARTITURA// Ouvindo sons disparatados/ babel acústica em seu redor/ fez de si música própria/ correu, eterna, em sol maior. #TOC – Douglas Thaynã. Curitiba, PR
@thiagojrppoeta RASTROS Sempre ficam rastros retorcidos de palavras/ No silêncio das bocas que valseiam mudas. #TOC – Thiago Rodrigues de Paula. Barbacena, Minas Gerais.
@Truetrickster Dizem que “Escrever é conversar consigo mesmo” Digo, porém,que escrita é desdita excêntrica/ Do que a mente maquina em desordem cênica #TOC – Fábio Henrique Pupo. Ponta Grossa, Paraná.
@vmlanessa MASCARA (DA)// Não era bonita/ Mas seus olhos escutavam/ Descobriram-na vazia/ E, com o tempo, se afastavam… #TOC – Vanessa Maria de Lima Albuquerque. São Paulo, SP