4 de janeiro de 2012

Projeto - O livro do fim do mundo

Segue abaixo um projeto interessante: um desafio de escrita que busca criar um espaço de exercício de criação e troca de comentários entre leitores-escritores. Os autores tem até o dia 29 de Fevereiro de 2012 para publicar seus textos no site do projeto.



Projeto:

Imagine receber a notícia de que o mundo acabará em APENAS uma hora. O que você faria?

O Livro do Fim do Mundo é o último capítulo da sua vida e de outros 7 bilhões de pessoas que vivem no Planeta Terra. E se cada uma delas contasse a história de sua última hora precisaríamos de aproximadamente 800 mil anos para ouvi-las.

Em 1450 Johannes Gutenberg fez sua primeira impressão e desde então a humanidade transmite seus conhecimentos, principalmente, através da escrita e leitura de livros. Após séculos, essa fórmula bem sucedida depara-se com inovações tecnológicas que ainda não transpuseram totalmente o abismo entre escritores e leitores.

O Projeto 800 mil anos – O Livro do Fim do Mundo foi criado para ser essa ponte, eliminando as fronteiras entre leitores e escritores, através da interação e da inversão livre dos papéis. Ao ato de ler agregou-se a possibilidade de escrever, comentar, classificar, opinar e criticar. A flexibilidade total de formatos permite que coletâneas sejam impressas ou que todos os capítulos estejam disponíveis virtualmente, sendo que novos conteúdos são acrescentados constantemente sem limitação temporal.

Para saber mais sobre o projeto, acesse:
http://geracaox2.com.br/?p=2048 / http://geracaox2.com.br/?p=2402


Regulamento:

1. Não revele a causa do fim do mundo. Seu personagem pode saber (ou não), mas a causa não pode ser explicitada no seu texto.

2. O mundo acabará exatamente às 17h15min (horário de Brasília) do dia 21/12/2012 e seu personagem tomará conhecimento disso uma hora antes, ou seja, 16h15min. O que ele fará?

3. Você tem 20 mil caracteres para contar sua história (incluindo espaços).

4. Na sua área de trabalho você encontrará espaço para salvar seu texto, ler, analisar, e assim envia-lo somente quando tiver certeza que ele está pronto.

5. Última regra, e mais importante de todas: deixe sua imaginação fluir e aflorar com ela o escritor que existe em você.


Fonte: