Resultado - Prémio Literário Karingana Wa Karingana (Moçambique)

A UMinho e a organização não-governamental portuguesa Associação Karingana Wa Karingana acabam de atribuir, pela primeira vez, um prémio literário em Moçambique destinado a jovens pré-universitários.

A vencedora, Margarida Joaquim Francisco, vai receber uma bolsa de licenciatura na UMinho.

O júri do Prémio Literário Karingana Wa Karingana/Universidade do Minho foi presidido pelo escritor Mia Couto e constituído por três individualidades moçambicanas e três portuguesas, tendo a deliberação sido por unanimidade. A iniciativa teve apoio do Ministério da Educação de Moçambique, da Fundação Calouste Gulbenkian, da Fundação Carlos Lloyd Braga e do Instituto Camões. O prémio tem um valor monetário superior a 30.000 euros (engloba propinas, alojamento e mensalidade), o que o torna um dos maiores galardões literários criados em Portugal.

Margarida Joaquim Francisco concorreu com o conto inédito ‘O sonho de Marília’ e vai agora estudar Ciências da Comunicação na UMinho, após ter sido aluna na Escola Secundária Samora Moisés Machel, na Beira. O reitor, António Cunha, e o presidente da ONG promotora, Tiago Bastos, endereçaram felicitações à vencedora, desejando-lhe “o melhor sucesso académico”, e agradecem ainda “de um modo especial” a disponibilidade do júri e da Fundação Calouste Gulbenkian nesta iniciativa de cooperação.


Fonte:
http://www.correiodominho.com/noticias.php?id=63951